Esportes

Presidente da AES explica venda de Edinan e fala de planos para o futuro

 

Santacruzense permanece com 30% dos direitos do jogador em um futura negociação.

 

O presidente da Santacruzense, Sidnei Maluza, se reuniu na noite desta quarta-feira (14) com alguns integrantes do Conselho Deliberativo do clube, na pauta da reunião o futuro do time e a negociação do atacante Edinan com a Ponte Preta.

“Claro fiquei muito chateado com a eliminação do último domingo, foi difícil de entender, o time foi muito mal e poucos jogadores se salvaram, mas ainda assim diante de todas as nossas condições eu analiso com positiva nossa participação neste campeonato” comentou Maluza.

O dirigente afirmou que nos próximos dias pretende se reunir com a comissão técnica e saber se eles pretendem continuar, para aí sim ver quais jogadores continuam no clube e iniciar o planejamento e os trabalhos para 2017.

“Minha intenção é de reunir o elenco em novembro e realizar amistoso com clubes de A2 e A3, além de também organizar algumas peneiras, e no máximo faltando 60 dias para o inicio da Segundona já ter praticamente definido os atletas para a competição” comentou.

Maluza também deu uma boa notícia aos conselheiros “A boa notícia é que me reuni com os parceiros e eles vão continuar com a gente, nós vamos terminar a participação no sub 20, e a partir daí o dinheiro que é repassado por eles será investido só no profissional” [Atualmente são repassados R$ 20 mil por mês para o clube pelos parceiros, destes, R$ 14 mil  vão para o profissional e R$ 6 mil para as categorias de base].

O presidente  explicou que a intenção no ano que vem é disputar além da Segundona o Campeonato Paulista sub 13. “Os parceiros querem investir apenas profissional ano que vem, então não vamos disputar o sub 20, é muito caro, vamos disputar o sub 13 com parcerias com escolinhas da cidade e usar só atletas de Santa Cruz”.

Ao término da reunião Sidnei Maluza explicou a negociação do atacante Edinan com a Ponte Preta.

“A Ponte comprou 70% dos direitos do atleta e 30% continuam pertencendo a Esportiva, o valor é de R$ 130 mil,  em três parcelas. Vale lembrar que 35% deste valor ficam com os parceiros , e o contrato com a Ponte é até Dezembro de 2017”.

Foi revelado ainda que a diretoria da Ponte Preta aventou com a possibilidade de uma possível parceria para o futuro com o clube de Santa Cruz. 

“A diretoria da Ponte deixou no ar uma possibilidade de parceria no futuro, eles mostraram muito interesse em uma A3, mas para a Segunda Divisão não existe o mesmo interesse”. Terminou dizendo o mandatário Tricolor.

 

 

Special Dog não renova com Corinthians “Momento do clube não interferiu” diz gerente de marketing

VER NOTÍCIA

Desconfianças, brigas e renúncias…assim termina o 2016 da Santacruzense

VER NOTÍCIA

FPF interdita 57 estádios, Leônidas Camarinha está entre eles

VER NOTÍCIA