Policial

Transporte seu bichinho com segurança e garanta uma viagem tranquila

 

 

Em comemoração ao Dia de São Francisco de Assis, CART oferece dicas para que os pets acompanhem seus donos em viagens e passeios de carro

 

Dia 4 de outubro é dia de São Francisco de Assis – o santo protetor dos animais – e para comemorar a data a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares dá dicas de como transportar os animais de forma segura e tranquila durante passeios e viagens.

Assim como crianças, os animais também necessitam de um transporte adequado e cuidados especiais nos veículos. Dirigir com animais soltos ou até mesmo em partes externas do carro além de ser apenas perigoso, também é infração de trânsito e passível de multa.


De acordo com o Artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é proibido “Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados”, o que gera uma infração grave no valor de R$ 127,69 com 5 pontos na CNH(Carteira Nacional de Habilitação), já o Artigo 252 proíbe “Dirigir o veículo transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas”, que é uma infração média no valor de R$ 85,13  com 4 pontos na CNH.

 

Como transportar o animal corretamente?

O transporte correto dos animais varia de acordo com o tamanho e espécie. Alguns exemplos de itens seguros são as caixas de transportes, cinto de segurança especial para animais e até mesmo cadeiras e assentos específicos.

As caixas servem para gatos e cachorros, devem ter um tamanho adequado ao bichinho, serem ventiladas e possuir trava para fechamento das portas. Também é recomendado que a caixa possua alguma alça para se prender ao cinto de segurança durante as viagens.

De acordo com a médica veterinária Juliana Theodoro de Souza Angerami, uma opção muito usada é o cinto de segurança específico para animais, ele deve ser fixado no encaixe do cinto do carro ou, em alguns modelos, junto ao cinto de segurança. “Ele possibilita o pet observar a viagem e, ao mesmo tempo, sentar em segurança no veículo, pois o mantém protegido e preso ao banco traseiro”. De acordo com Juliana, o seu uso é mais comum entre os cães.  “Os gatos costumam se sentir mais seguros e menos estressados dentro das caixas de transporte”.

Outra opção para animais de pequeno e médio porte é uma espécie de assento especial para os mascotes. Ele funciona como uma cama em forma de caixa e é acoplado e fixado no banco traseiro, dentro dele o animal também deve usar um cinto de segurança. É muito importante lembrar que o transporte de animais deve ser feito sempre no banco traseiro e com o cinto de segurança fixado ao pet, ou à caixa em que ele se encontra.

 

Dicas para uma viagem tranquila

Antes de iniciar uma viagem acompanhado de seu animal de estimação é importante se planejar para que o trajeto seja menos estressante possível para o bichinho. De acordo com Juliana, o recomendável é fazer paradas de duas em duas horas para passear, sempre usando a coleira, fazer as necessidades e beber um pouco de água. No caso de gatos que não andam de coleira, a melhor opção é deixar o mesmo dentro da caixa de transporte. Também é importante manter o animal em jejum, para evitar enjoos durante a viagem.

“Para cães o recomendável são 8 horas de jejum, já para os gatos 4 horas são suficientes, já que estes não podem ficar tanto tempo sem comer. Em relação a água é importante que ela seja dada aos poucos, ao longo do trajeto, para assim evitar enjoos e vômitos”, explica a veterinária.

Outra dica é manter uma temperatura adequada no carro. Se o carro possuir ar-condicionado o ideal é mantê-lo ligado com as janelas fechadas, assim o pet não se assusta com o barulho da rodovia. Uma opção para animais estressados é também colocar uma camiseta ou algo com o cheiro do dono junto ao bicho de estimação durante a viagem.


Paradas para descanso

Pensando no bem-estar e na hidratação do motorista e também de seus pets, a CART oferece gratuitamente, água fresca para nas paradas rápidas de descanso, o SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário. Em todo o corredor, são 12 bases que podem ser utilizadas para paradas rápidas e contam com fraldário, banheiros e um sistema de informações que permite o contato do usuário com o CCO – Centro de Controle Operacional da CART em tempo real para obter informações sobre rota, condições da rodovia, trechos em obra, clima e também pontos turísticos na região.



Confira as bases do SAU no Corredor CART:

SAU 1
– Km 249+300 (sentido Oeste) – Piratininga 
SAU 2 – Km 282+090 (sentido Leste) – Paulistânia
SAU 3 – Km 315+460 (sentido Leste) – Santa Cruz do Rio Pardo
SAU 4
– Km 385+040 (sentido Oeste) – Salto Grande
SAU 5 – Km 416  (sentido Leste) – Palmital
SAU 6 – Km 449+990 (sentido Oeste) – Assis
SAU 7 – Km 481+630 (sentido Oeste) – Paraguaçu Paulista
SAU 8 – Km 509+270  (sentido Oeste) – Rancharia
SAU 9 – Km 545+500 (sentido Oeste) – Regente Feijó
SAU 10 – Km 574+800 (sentido Oeste) – Álvares Machado
SAU 11 – Km 601+400 (sentido Leste) – Santo Anastácio
SAU 12 – Km 636+620 (sentido Oeste) – Caiuá

 

 

Remanejamento de defensa metálica exige sistema “Pare e Siga” do km 283 ao 284 da SP-225

VER NOTÍCIA

Cart garante providências sobre apontamentos da Artesp em até 30 dias

VER NOTÍCIA

Cart é notificada de multa de até R$ 5,8 milhões após fiscalização nas rodovias SP-225 e SP-327

VER NOTÍCIA