Revista

Santa Casa implanta alta responsável, pesquisa de satisfação e Ouvidoria

 

Desde o início de outubro a Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo adotou uma série de medidas que visam melhorar a gestão hospitalar e atender metas estabelecidas nos convênios vigentes.

Entre as implantações está a alta responsável, a partir de agora todo o paciente do SUS que recebe alta tem suas informações encaminhadas à Secretaria Municipal da Saúde para que o órgão possa enviar os dados para a unidade de saúde de referência.

“Desta forma a enfermeira da Unidade entrará em contato com o paciente para agendar novos atendimentos de acompanhamento de sua saúde. Isto porque o paciente sai do hospital melhorado e não curado e necessita destes cuidados. É uma forma de prevenção e manutenção do trabalho realizado no hospital”, explica a enfermeira responsável, Maria Cecília Jorge Farinha. O mesmo formato já foi adotado em diversos hospitais no país.

 

maria-cecilia

Enfermeira Maria Cecília fala sobre os projetos iniciados neste mês

 

Outra implantação foi a pesquisa de satisfação. Após receber alta, o paciente preenche um formulário onde avalia o atendimento recebido. Ao todo foram distribuídas sete urnas nos setores do hospital para depósito dos questionários. Ao final de cada mês, as informações são recolhidas e um balanço realizado para identificação dos principais erros e acertos dos profissionais e setores.

Entrou em funcionamento ainda, a Ouvidoria que pode ser utilizada pelos pacientes que desejam fazer alguma crítica ou sugestão ao hospital. O formulário pode ser solicitado na recepção, preenchido e entregue, a resposta é encaminhada em alguns dias, após análise do apontamento.

Estas iniciativas atendem a questão qualitativa do programa Pró Santas Casa, o qual o hospital de Santa Cruz é conveniado e recebe recursos para UTI Neonatal. Fora isso, as novas condutas vão de encontro ao item gestão hospitalar do convênio junto a Secretaria Municipal de Saúde.

“Optamos pela implantação para atender as metas e já estendemos para todo o hospital. Acreditamos que o resultado será satisfatório”, considera a administradora, Andreia Alves Laudacio.   

 

 

Sim, é possível viver bem com Alzheimer

VER NOTÍCIA

“Acorda Santa Cruz” entrega mais um quarto para a Santa Casa

VER NOTÍCIA

Hábitos saudáveis podem evitar o câncer

VER NOTÍCIA