Entretenimento

Pais dos integrantes da Orquestra Santa Cruz participam de reunião

 

 

Foi realizada na manhã do último sábado (29), uma reunião com os pais dos alunos da Orquestra de Câmara Santa Cruz. Na oportunidade os responsáveis foram orientados a zelar pela freqüência dos membros nas aulas e ensaios.

“A reunião de hoje tem como objetivo principal orientá-los no sentido de nos ajudar a ter uma boa freqüência dos alunos, principalmente nesta reta de pré-apresentações de final de ano”, disse o responsável técnico e artístico, professor José Magali Junqueira.

“Afinal com o registro de muitas faltas o rendimento da Orquestra também cai e não queremos isso, contamos com vocês”, reforçou a monitora, Beatriz Bernardez.

Outro pedido feito aos pais é em relação a definição ao figurino das crianças e adolescentes para a apresentação agendada para o dia 8 de dezembro, no Palácio da Cultura. O concerto compõe a Semana Mario Nelli.

“A intenção é apresentar nosso projeto da melhor forma possível a toda sociedade”, ressaltou.

 

reuniao-pais-2

Professor Magali e monitora Beatriz conversam com os pais

 

Mais um item apresentado no encontro foi a necessidade de cuidados com os instrumentos, pois os alunos levam os mesmos para casa para ensaiar.

Assunto debatido na reunião, ainda, foi o horário dos integrantes na escola, pois muitos dos novos membros estão matriculados no período da tarde para 2017, o que inviabiliza a participação na Orquestra. Para resolução do caso, foram colhidos os nomes para formalização de pedido junto às escolas para oferta de vagas no período da manhã.

“O projeto pode funcionar apenas no período da tarde, por conta do horário do Cras que após as 16h pode nos oferecer o espaço. Vamos tentar mobilizar estas escolas para modificar este quadro, pois o projeto é muito importante na vida destas crianças”, explica Magali.

A Orquestra Santa Cruz iniciou os trabalhos há mais de um ano. Atualmente são 31 integrantes. As aulas são realizadas no Cras do São José.

O projeto é realizado por meio do ProAC (Programa de Ação Cultural), da Secretaria do Estado de Cultura, que possibilita o repasse de até 3% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de empresas para iniciativas como a Orquestra.

Em Santa Cruz são apoiadoras do projeto, as empresas: Special Dog, Guacira Alimentos, Hidroceres, Solito, Santa Massa, Rede Graal e Escritório Orteca.

 

 

Segunda live do Curto Circuito Digital terá reprise do concerto de Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Live que abre o Curto Circuito Digital será nesta quarta-feira (14)

VER NOTÍCIA

Projeto Orquestra de Câmara Santa Cruz retoma aulas

VER NOTÍCIA