Revista

Nutricionista orienta sobre nutrição e hidratação adequadas durante o calor

 

 

Os dias mais quentes chegaram e uma nutrição e hidratação corretas, são ideais para manter o organismo bem.

Perdemos água através do suor, urina, fezes e respiração. De acordo com a nutricionista, ouvida pela Drogalar, Mara Silva Foratto Marconato, coordenadora do curso de nutrição da Unimar (Universidade de Marília), as perdas de água pela pele e pelo trato respiratório, podem somar cerca de 700 ML/dia, porém tal perda é bastante variável, podendo atingir até dois litros por hora durante a prática de exercícios físicos, por exemplo. Em dias com calor intenso, as perdas através do suor também aumentam significativamente. A reposição da água e eletrólitos (sódio e potássio), perdidos do organismo, se dá através da alimentação e hidratação.

Em nossa região, convivemos com o clima quente na maioria dos meses do ano, o que se intensifica nesta época, portanto, alguns aspectos na alimentação devem ser considerados. Destaca-se:

  1. Dar preferência às frutas, verduras e legumes. Pois estes são fontes importantes de vitaminas e sais minerais, dentre eles o potássio, perdido através do suor;
  2. Se adulto, ingerir pelo menos 2 litros de água/dia. São recomendados 35 mL/kg/dia para a oferta de líquidos de forma adequada para um adulto. Ex.: Se um indivíduo pesa 60 kg, portanto a recomendação de ingestão hídrica será de 2.100 mL. (60 kg X 35 mL= 2.100mL). Dar preferência a água, bebidas industrializadas ou mesmo sucos naturais, podem concentrar calorias, que em excesso levam ao aumento do peso;
  3. Evite o excesso de sal e de alimentos industrializados que contenham sódio. Este mineral em excesso, pode gerar problemas a saúdes esintomas  como: inchaço nas pernas, mãos e tornozelos, falta de ar, dores ao andar, pressão sanguínea elevada, retenção urinária;
  4. Também evite o excesso de alimentos gordurosos (carnes gordas, embutidos, cremes a base de gorduras, frituras, dentre outros) preparando os alimentos com pouco óleo;
  5. Fracione as refeições, incluindo em todas elas alimentos frescos.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA