Revista

Colaboradores da Santa Casa de Santa Cruz recebem primeira parcela do 13º salário

 

 

Funcionária, Glaucia está satisfeita com o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro   

 

A Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo, mesmo em meio a crise financeira que prejudica as instituições filantrópicas, mantém a conduta de priorizar os colaboradores. A primeira parcela do décimo terceiro salário foi paga na última sexta-feira (25). A folha de pagamento soma R$ 170.964, já a prévia da segunda parcela é de R$ 164.320. Atualmente o quadro pessoal é composto por 239 colaboradores.

O pagamento foi possível por conta de empréstimo, no valor de R$1.651.267, junto a Caixa Econômica Federal, através do consignado SUS.

A recepcionista, Glaucia Aparecida Cândido, agradece o empenho da diretoria do hospital em manter em dia os pagamentos. A funcionária utilizou o dinheiro para quitar a última parcela da faculdade de administração, a qual conclui neste ano.

“Venho em ótima hora. Apesar de qualquer situação financeira, muito importante que o funcionário seja priorizado”, diz.

O cenário da Santa Casa, de Santa Cruz, é diferente de muitos hospitais espalhados pelo país, como em Capivari, Valinhos, Piracicaba e Uruguaiana, em que os funcionários entraram em greve por falta de pagamentos. “Sabemos da importância dos colaboradores para o bom andamento do hospital e priorizamos isso”, informa a administradora, Andréia Laudácio.

O recurso do empréstimo foi utilizado ainda para pagamento de atrasados de FGTS dos funcionários, produção médica, serviço de imagem, impostos e parte dos fornecedores. O valor está sendo pago em 60 parcelas de R$ 52.040.

No entanto, diante da critica situação financeira atravessada, ainda restaram despesas a serem quitadas. Para honrar estes compromissos, têm sido adotadas algumas medidas como o resgate da utilização dos créditos da Nota Fiscal Paulista e a contratação de enfermeira auditora com objetivo de aumentar a produção de convênios. Nos primeiros meses de atuação da profissional, já é possível verificar resultados positivos na fatura

Além disso, o envolvimento com ações sociais, como a Arena Solidária, uma espécie de área vip, na Festa do Peão de Santa Cruz, cuja renda será revertida para Santa Casa, Lar da Criança e Apae.

 

 

AME Ourinhos destaca programas de prevenção de saúde da mulher e do homem

VER NOTÍCIA

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA