Política

Com apenas dois votos contrários é aprovado aumento de IPTU em Santa Cruz

 

Com nove votos favoráveis e apenas dois contrários a câmara de vereadores de Santa Cruz do Rio Pardo aprovou o projeto que aumenta o IPTU em 25%, e impede e mantém a Taxa de Iluminação Pública de 6,5%, já que a partir do ano que vem ela cairia para 4,5%.

O projeto foi aprovado em uma rápida sessão extraordinária no final da manhã desta quarta-feira (30). Foram favoráveis os vereadores Souza Neto (DEM), Luizão da Onça (PSB), Zé Paula, Marcos Cantor, Milton de Caporanga e Cleuza Enfermeira todos do PR, Leandro Mendonça (SD), Teco (PSDB) e Marsola (PTB), votaram contrários aos aumentos Vanderlei Baiano (PSDB) e Professor Edvaldo (DEM). Os vereadores Psiu (PSDB) e Murilo Sala (SD) não participaram da sessão, o primeiro está suspenso pela Comissão de Ética da casa e Sala está viajando.

dsc06308

Horário ou indiferença? Só dois munícipes acompanharam os trabalhos

 

Ao contrário do que se esperava a sessão foi tranquila e sem grandes discussões, com apenas os dois contrários ao projeto usando a tribuna.

“Não é o momento de termos aumento, o país está em uma situação difícil e não podemos fazer mais isso com nossa população, eu não fui reeleito, mas ainda estou aqui para defender os moradores da nossa cidade, peço, por favor, aos nossos vereadores, vamos pensar com carinho, não é hora deste aumento” disse Vanderlei Baiano.

 

dsc06303

Professor Edvaldo disse ser favorável ao aumento de até 15% do IPTU, e criticou os projetos serem unificados

 

Já o Professor Edvaldo disse ter estranhado o fato de antes os projetos estarem em separado e agora voltaram unificados para a Câmara.

“Eu concordo em boa parte com o que disse o Baiano, o momento é difícil, mas eu até sou favorável a manutenção da taxa de iluminação nos 6,5%, agora sou contra o aumento de 25% do IPTU, falei com o secretário do prefeito mandar um projeto de até 15% que eu seria favorável, mas não fizeram isso e ainda de forma estranha transformaram os dois projetos em um só, então sendo assim eu voto contra, e espero que não comecem a falar por aí que sou contrário ao desenvolvimento de Santa Cruz, já tem gente da mídia falando isso” disse.

Edvaldo ainda pediu para que os projetos fossem votados em separado, mas teve apenas o apoio dos vereadores Baiano e Zé Paula, então o documento acabou sendo votado em conjunto.

Após a votação alguns vereadores favoráveis ao projeto justificaram seus votos “Sei que é um momento difícil, mas a população mostrou na eleição que apoia atual administração, então por isso eu votei favorável” disse Teco.

Já Zé Paula foi rápido em sua justificativa “Pela aprovação de 80% do prefeito, pela saúde e pela educação eu votei favorável”.

Já o líder da bancada do prefeito, Luizão da Onça disse ter pensado muito para votar sim.

“Eu pensei muito, é mesmo um momento difícil, só que realmente está muito desatualizado, espero que as pessoas entendam, não estou preocupado com aqueles que tem várias casas, minha preocupação são sempre os mais carentes, tem gente não se importa em pagar uma fortuna de IPVA em carro importado e quer criticar o aumento do IPTU, confio no prefeito e sei que esse dinheiro será bem usado para o bem da população” comentou.

 

 

dsc06305

O sempre participativo Leandro Mendonça desta vez preferiu o silêncio

 

Dois fatos que chamaram atenção durante a sessão foram à ausência de público, apenas dois munícipes, o suspenso Psiu e integrantes da imprensa acompanharam a votação, e o silêncio e o voto favorável do vereador Leandro Mendonça.

Mendonça que foi um dos líderes da oposição durante esses 4 anos e sempre se mostrou contra o aumento pouco falou durante a sessão, e foi contrário a ideia de Edvaldo de separar o projeto.

“Muito estranho o voto do Teco e principalmente do Leandro, não esperava isso deles, difícil de entender” disse o vereador Psiu que com uma câmera filmou todos os trabalhos.

Questionado o porquê das filmagens ele respondeu “Aqui nunca se sabe o que pode acontecer, quero registrar tudo” disse.

dsc06307

Não podendo participar dos trabalhos por estar suspenso, Psiu filmou toda a sessão

 

Governador sanciona projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgação dos radares

VER NOTÍCIA

Assembleia aprova projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgar localização de radares

VER NOTÍCIA

Prefeitura de Santa Cruz investe meio milhão de reais em implantação de led

VER NOTÍCIA