Política

“Temos a convicção que ela agia sozinha” diz Otacílio sobre desvio de dinheiro

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo, Otacílio Parras Assis (PSB), concedeu entrevista coletiva no inicio da tarde desta sexta-feira (30), para falar sobre o desvio de dinheiro da prefeitura.

Bem mais calmo em relação a coletiva da semana passada, quando divulgou o desvio, o prefeito respondeu a todas as perguntas, e disse que depois de uma semana de sindicância tem a convicção de que a funcionária afastada e principal suspeita agia sozinha, e de que esse desvio de dinheiro começou há ao menos nove anos.

“Depois de uma semana de sindicância e de muito trabalho nós temos a convicção de que a funcionária suspeita agia sozinha, nós percebemos que quando ela estava em férias ou de licença médica não aconteceram os desvios, e também já temos provas que estes desvios começaram ao menos há nove anos. Então quando me criticam por eu não ter visto isso, os outros também não viram” disse Otacílio.

O prefeito também falou sobre a noticia chegar para a imprensa antes mesmo da policia ser avisada “Na sexta-feira já tinham vários jornalistas esperando para falar comigo, eles já sabiam, a noticia já tinha vazado, e eu também não tenho nada a esconder, contar tudo para a imprensa mostra a transparência do nosso governo, e faz com que a população saiba de tudo que está acontecendo”, comentou.

Otacílio falou também sobre as consequências para a administração deste desvio de dinheiro.

“Os investimentos serão afetados, a manutenção de serviços está tudo equilibrado, mas vai afetar a construção do posto de saúde de Sodrélia, reforma e ampliação da rodoviária, compra de novos equipamentos e veículos, e ainda o abono de salário no valor de R$ 500,00 que seria dado para os funcionários em janeiro, tudo isso será cortado. A população pode ficar tranquila, transporte de alunos, saúde, escolas, creches tudo será mantido, não será afetado”.

Sobre o fato de na semana passada ter pedido para que os responsáveis pelo desvio dessem um tiro na cabeça Otacílio comentou: “Foi um momento de explosão, claro não quero que ela se mate, sou crente em Deus, creio no perdão, mas no ponto de vista moral ela se suicidou, ela está morta”.

Sobre a decepção pela descoberta do desfalque, o prefeito reeleito, disse: 
 
“Esse fato foi muito desanimador, se tivesse acontecido antes da eleição com certeza eu teria desistido da política, é muito triste, mas população confiou em mim, eu dizia na campanha que meu primeiro mandato foi bom e o segundo será ótimo, e vou dizer agora, o nosso segundo mandato será ótimo”.

Durante a coletiva Otacílio confirmou que o secretario de finanças Armando Cunha, chegou a deixar o cargo a disposição após a descoberta do desvio, mas o prefeito não aceitou a demissão do servidor.
 
“Confio no Armando, ele continua na pasta, domingo vai estar na minha posse assim como todos os demais secretários, teremos uma alteração apenas, um secretário alegou problemas particulares e pediu a exoneração, essa será a única alteração, no mais continua tudo como está”.

A reportagem SCN apurou que Gerson Garcia, Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico pediu a exoneração, e Fernando Rampazzo, que ocupava a pasta da Promoção Social, será o substituto.
 

 

Assembleia aprova projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgar localização de radares

VER NOTÍCIA

Prefeitura de Santa Cruz investe meio milhão de reais em implantação de led

VER NOTÍCIA

Recuperação da Raposo Tavares tem previsão para ser concluída até dezembro

VER NOTÍCIA