Policial

Cautela e revisão periódica garantem mais segurança para as viagens

 

 

Em período de imprevisibilidade das chuvas de verão motorista deve estar com a manutenção veicular em dia

 

Quem aproveita o verão para sair de férias, precisa redobrar a atenção ao volante. Na estação ocorre o aumento das águas e o motorista deve estar atento caso se depare com chuva na estrada. Respeitar os limites de velocidade, de visibilidade e estar em dia com a revisão de acessórios de segurança como as palhetas e lanternas aumenta a segurança e podem evitam contratempos durante a viagem alerta a CART- Concessionária Auto Raposo Tavares.

 

Mesmo que o condutor não veja, a água da chuva se mistura com partes de terra, areia e óleo que ficam em excesso sobre o asfalto da rodovia. Essa mistura, normalmente, acontece nos primeiros 15 minutos de chuva e pode afetar a aderência dos pneus ao pavimento, deixando o percurso escorregadio.

 

Para aumentar a segurança ao volante, a CART recomenda  reduzir a velocidade e redobrar a atenção. “A redução da velocidade é a primeira dica porque faz com que o condutor se acostume com as novas condições da via e permite que o pneu tenha mais contato com o pavimento, reduzindo os riscos de acidente. Mas assim que as primeiras gotas de chuva começam a cair, o motorista deve aumentar sua atenção sobre os outros veículos também”, reforça o coordenador de Saúde e Segurança do Trabalho da CART, Nivaldo Bautz.

 

Além disso, a pista molhada aumenta o tempo de frenagem, por isso é preciso manter distância do veículo à frente para reduzir as chances de uma colisão traseira e  evitar parar no acostamento sem necessidade. Aos motociclistas, a orientação extra é trafegar pelo centro da pista para ser visto com mais facilidade.

 

Olhos na rodovia

Para-brisa embaçado é um imprevisto bastante comum sob chuva. Nesse caso, o sistema de ventilação interna do veículo  – ar condicionado e ar quente –  é um aliado rápido para recorrer. No entanto, ele deve permanecer ligado até que a chuva passe, caso contrário a umidade permanece e o vidro volta a embaçar, outros pontos importantes são as condições de limpeza e risco no para-brisa que prejudicam – e muito –  a visibilidade.


De Presidente Epitácio a Bauru, os usuários do Corredor CART contam com itens que facilitam a visibilidade diante das chuvas, como os 33 mil balizadores refletivos que potencializam a orientação pela faixa de rolamento. A Concessionária ainda equipou o trecho com tachas delineadoras posicionadas no meio e nas laterais da rodovia para indicar a largura da pista; placas refletivas para sinalizar trecho em obras, informações educativas e regulamentações; faixa de sinalização horizontal, que constantemente tem a pintura reforçada e os Painéis de Mensagem Variáveis para informar sobre tráfego e condições da via.

Mas, caso você o motorista perceba que a visibilidade está comprometida, é melhor esperar nos postos da Polícia Militar Rodoviária ou em uma das 12 bases de apoio SAUs- Serviço de Atendimento ao Usuário, que funcionam 24h e oferecem uma infraestrutura completa com água, fraldário, sanitário e o sistema  CARTAtende!, com informações em tempo real das condições da via.

 

Boa viagem!

Antes de qualquer viagem, a CART aconselha a revisão veicular e ressalta alguns itens para ficar de olho antes de enfrentar chuvas pelo caminho. “Primeiro, o motorista deve verificar o funcionamento das lanternas, luz de freio e pisca-alerta. Em seguida, as palhetas do limpador, os freios e as condições dos pneus, já que pneus “carecas” aumentam o risco de acidente, além de ser infração de trânsito. Para os caminhoneiros, as faixas refletivas também são essenciais para aumentar sua visibilidade”, indica Nivaldo.

 

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A concessionária está inserida no Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, fiscalizado e regulamentado pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo.

Veja como fica o trânsito nas imediações do cemitério na segunda-feira, finados

VER NOTÍCIA

DEMUTRAN pede atenção aos motoristas em obras no bairro da Estação

VER NOTÍCIA

Ligação da rua Farmacêutico Alziro Souza Santos será liberada nesta segunda-feira (20)

VER NOTÍCIA