Revista

Febre Amarela: Depois de confirmação 1º caso em Santa Cruz, prefeitura inicia vacinação na zona rural

A Secretaria Municipal de Saúde comunica que foi confirmado um caso de Febre Amarela Silvestre em nosso município, o paciente encontra-se internado no departamento de moléstias infecciosa do Hospital das Clinicas em São Paulo, seu estado de saúde é estável, o paciente em questão esteve fazendo trilha de moto na região próximo à ETEC Orlando Quagliato – Escola Agrícola, onde foi encontrado ossada de macaco.

Estiveram presentes no município representantes da Secretaria Estadual da Saúde, traçando metas para a imunização de toda a população do município. Começaremos a partir do dia 31/01/2017, a vacinação para os moradores da zona rural, as equipes percorrerão toda extensão rural do município em busca de pessoas que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina ou que necessitam de reforço, solicitamos que toda a população esteja com a carteirinha de vacinação em mãos, para que possa ocorrer a conferência. Como em 2009 já foi realizada a vacinação na zona rural do município, acredita-se que grande parte da população já esteja imunizada.

Na zona urbana todos deverão verificar na carteira de vacinação a data da última dose da vacina contra a febre amarela, se já tiver tomado duas doses estão imunizados, só será necessário o reforço para quem tomou uma única dose há mais de 10 anos, nesse caso, procure uma unidade de saúde mais próxima.

A vacina contra febre amarela é altamente eficaz e segura para o uso, mas é importante verificar a necessidade de tomar. Confira a indicação para vacinação e fique ligado para não se vacinar sem precisar. Lembramos que a vacina está disponível no SUS durante todo o ano, em todo o país. Os sintomas iniciais da febre amarela incluem febre de início súbito, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas, vômitos, fadiga e fraqueza.

O Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra a doença às pessoas que residem ou viajem para regiões silvestres, rurais ou de mata, que são Áreas com Recomendação da Vacina contra febre amarela. De dezembro  à maio é o período de maior número de casos com transmissão considerada possível em grande parte do Brasil. 

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA