Revista

Azeite e salada, a combinação perfeita para o verão

 

 

O verão está ai e nada melhor para alimentação que pratos refrescantes e saborosos. Entre as combinações interessantes para a estação estão às saladas preparadas com azeite. Além do ótimo resultado culinário, esta união é favorável à saúde.

De acordo com cientistas, a junção desses dois grupos alimentares – um rico em gordura insaturada e o outro, em nitrato – formam ácidos graxos que ajudam a baixar a pressão arterial, além disso, ajuda a reduzir o colesterol alto.

Neste cenário a Guacira Alimentos conta com linha completa de azeites feitos com matéria-prima de altíssima qualidade que atende as necessidades do consumidor.

A empresa trabalha com três marcas: Olíria (espanhol), Priordei e azeites Guacira (português).

Para muitas pessoas, porém, a ideia de comer saladas todos os dias pode parecer ruim, mas algumas dicas de tempero e molhos podem ajudar a tornar as refeições mais atrativas.

Se você usar alguns pequenos truques, poderá dar uma boa transformada no sabor das suas saladinhas do dia a dia – e isso sem recorrer àqueles molhos industrializados que transformam qualquer salada saudável em uma bomba calórica e nada saudável.

Azeite Priordei é uma das marcas distribuídas pela Guacira Alimentos

 

AZEITE E VINAGRE
O azeite é rico em gorduras saudáveis, e o vinagre contém ácido acético, que ajuda a reduzir a absorção de glicose pelo corpo. E você pode aproveitar e fazer um vinagrete especial capaz de transformar suas saladas de folhas:

Vinagrete de framboesa
4 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem Guacira
4 colheres de sopa de óleo de nozes
2 colheres de sopa de vinagre de framboesa
uma pitada de açúcar de confeiteiro
sal e pimenta-do-reino a gosto

Misture todos os ingredientes numa vasilha e sirva sobre a sua salada de folhas. Como alternativa, coloque os ingredientes num vidro com tampa de rosca, tampe e agite bem. Pode ser conservado em geladeira por várias semanas.

 

 

Santa Cruz é a 5ª cidade que mais gera emprego na Citricultura

VER NOTÍCIA

Prejuízo dos produtores de soja na região pode chegar a R$ 100 milhões de reais

VER NOTÍCIA

Para fechar o ano! Cart divulga novos valores das tarifas de pedágio

VER NOTÍCIA