Esportes

Sem dinheiro, Santacruzense deve abandonar futebol profissional em 2017

 

O presidente da Santacruzense, Sidnei Maluza, se reuniu na noite desta quinta-feira, (02) com integrantes do Conselho Deliberativo do clube e informou que não tem condições financeiras de disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão em 2017.

O mandatário tricolor inclusive apresentou uma carta de renúncia e disse que caso alguém queira assumir o clube ele sai sem problemas. Para solucionar o impasse, Maluza apresentou duas opções aos conselheiros.

A primeira seria disputar apenas o campeonato sub 20, evitando com que o clube seja multado, ou pedir licença por um ano das competições da Federação Paulista de Futebol, e arcar com as consequências, como multas previstas no regulamento.

Durante a reunião alguns conselheiros chegaram a ligar para Luciano Rosalém (Galeguinho), ex vice-presidente do clube, que não esconde a vontade de reassumir como presidente a Santacruzese.

“Agora não tem como, está muito acima da hora, mas no final do ano eu devo disputar a eleição” disse Galeguinho.

Diante do impasse, Maluza afirmou continuar no cargo, e procurar a Federação Paulista afim de ter uma definição sobre a situação da Esportiva.

“Ele nos disse que já tem tudo pronto para a disputa do sub 20, se essa for nossa única opção temos de concordar, não temos o que fazer” , disse Pedro Miguel Lombardi, presidente do Conselho.

Caso não aconteça um fato novo nos próximos dias, a Santa Cruz do Rio Pardo pode não ter seu clube profissional de futebol em 2017.

 

 

Santa Cruz terá primeiro campeonato de Esports

VER NOTÍCIA

CAS mantém tradição em revelar craques

VER NOTÍCIA

Segundona: Santacruzense estreia dia 22 de agosto na cidade de Assis

VER NOTÍCIA