Revista

Santa Casa participa de reunião com diretor da Regional de Saúde

 

 

Com objetivo de estreitar o contato e conhecer os gestores dos munícipios que compõem o Departamento Regional de Saúde de Marília, foi promovida na última segunda-feira (13 de março), reunião com o diretor, Luis Carlos de Paula e Silva. O encontro foi promovido pelo deputado estadual, Ricardo Madalena (PR).

Santa Cruz do Rio Pardo foi representada pela administradora da Santa Casa de Misericórdia, Andreia Alves Laudácio e o secretário municipal de Saúde, Diego Singolani.

Participaram da reunião ainda os Prefeitos Roberto Bueno (Cândido Mota), Sergio Galvanin Guidio Filho (Ipaussu), Jose Roberto Ronqui (Palmital), João Carlos Ribeiro (Salto Grande); Secretários de Saúde dos municípios e Administradores das Santa Casas de Assis, Cândido Mota, Ipaussu, Salto Grande, Maracaí e Paraguaçu Paulista.

Os representantes de Santa Cruz aproveitaram a oportunidade para reforçar novamente a necessidade de inclusão do hospital, no programa Santas Casas Sustentáveis. Caso esta aprovação aconteça a Santa Casa passaria a receber mensalmente R$ 172 mil do Governo do Estado, referente a 40% a mais do teto financeiro do SUS. Atualmente, o Estado repassa ao hospital pouco mais de R$ 20 mil, através do programa Pró Santa Casa. O recurso é investido na UTI Neonatal.

“Notamos que as aflições de todos os munícipios são as mesmas e estão relacionadas à falta de recursos proveniente da defasagem da tabela SUS, em que, por exemplo, gastamos R$ 100 e recebemos apenas R$ 60 de alguns procedimentos”, diz a administradora da Santa Casa de Santa Cruz, Andreia Laudácio.

Durante a reunião foi debatido ainda desenvolvimento de série de estratégias administrativas e planos de melhorias.

O Diretor da DRS de Marília, Luis Carlos se comprometeu em realizar pessoalmente visitas técnicas em todas as Santas Casas que pertencem ao departamento regional e agir de forma incisiva, visando garantir na prática as melhorias de atendimento e gestão de recursos.

Na ocasião o Parlamentar Ricardo Madalena reforçou a importância da união entre os municípios. “O relacionamento é essencial entre as instituições e estamos fortalecendo este contato entre os Hospitais dos municípios, com isso possibilitamos divisão de melhores práticas na gestão, permitindo maior dinâmica no atendimento regional, já que essa relação estratégica entre os nossos hospitais, possibilitará que o serviço de uma cidade supra e contribua o de outro município que estiver com demanda.”, ressalta.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA