Revista

Dores após os exercícios físicos reduzem com a prática frequente

 

 

Sob o aspecto geral as pessoas sentem dores musculares após uma atividade em que realizem esforços físicos.

 

O preparo físico dos praticantes é que vai designar maior ou menor dor durante ou após tal atividade ou esforço físico. “Isto é tão importante, porque poderá motivar ou desanimar uma pessoa a continuar sua atividade física ou desencadear uma interpretação que é portadora de alguma doença (exemplo: dores em volta da coluna, após uma tarefa doméstica ou equivalente)”, explica o médico ortopedista e traumatologista, Alexandre Yoneda.

A dor do dia seguinte ao esforço e /ou alongamentos para os principiantes é previamente esperada e considerada como parâmetro para dar mais atenção para melhor preparação das funções de atividade física aqueles músculos mais doloridos, na maioria das vezes músculos de equilíbrio do eixo da coluna vertebral.

Conforme a repetição da prática dos exercícios físicos, ou seja, regularmente na semana, os sintomas diminuem e a capacidade para realizar esforço e /ou alongamentos aumentam.

A constituição física de cada um é diferente e individual, referindo-me aos ossos articulações e músculos que possuem tecidos de proteínas de colágenos diferentes de pessoa para pessoa. Observa-se que os fatores da constituição dos músculos e ligamentos que estão relacionados ao grau de flexibilidade de cada indivíduo podem ser variáveis. “Existem pessoas que naturalmente tem uma maior flexibilidade (ex: um artista de circo que faz com o seu corpo movimentos com maior grau de flexibilidade, ou seja, movimenta as articulações em graus extremos, porém, não deve ser considerado como exemplo para as outras pessoas). Por outro lado, não devemos nos esquecer desta condição de alto grau de flexibilidade em favorecimento ao alongamento muscular, que depende de alguns fatores que permitirão uma maior distensão dos ligamentos que unem os ossos de uma articulação, e que por sua vez permitem o movimento mais flexível, dando a impressão de facilidade ao expectador”, diz o médico.

As células de colágeno constituem do ponto de vista celular, os ligamentos e tendões. Tais células se agrupam em feixes chamados de fibras, que por sua vez, estes se agrupam formando os fascículos. Vários fascículos acabam envoltos por tecido conjuntivo formando os tendões. Como existem vários tipos de células de colágenos no corpo humano, observa-se que a predominância do tipo de fibras mais “alongáveis” vai propiciar maior distensão dos tendões e ligamentos sem provocar pequenas lesões destas fibras, quando o indivíduo executar a função de tração ou alongamentos destes tecidos.

A partir destes apontamentos é que durante uma atividade física e também após a prática de esportes algumas pessoas podem sentir dores em várias regiões expostas aos esforços de contrações repetidas ou que exijam a pré-existência de alongamentos destes tecidos localizados.

 

 

AME Ourinhos destaca programas de prevenção de saúde da mulher e do homem

VER NOTÍCIA

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA