Região

Servidores Municipais de Ourinhos dão prosseguimento à Greve

 

 

Paralisação continua, porém Poder Executivo não reabre as negociações

 

Assessoria Sindicato Servidores

 

Em mais um dia de luta, os Servidores Municipais de Ourinhos provaram que a Greve é persistente. Presentes em frente à Prefeitura Municipal desde as 7 horas da manhã, Servidores e Sindicato reivindicaram pela presença do Prefeito e um novo parecer sobre as negociações, que por parte do Poder Executivo ainda não foram retomadas.

          O ato durou por toda a manhã, estendendo-se até as três horas da tarde, quando os servidores caminharam em direção ao SINSERPO – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Ourinhos e Região – para a realização de Assembleia de organização do ato.

          Na Assembleia, os Servidores decidiram pela continuidade do Movimento Paredista e, também, por uma manifestação na Praça Mello, Peixoto, terça-feira, 4, às 8 horas da manhã, a fim de mostrar aos cidadãos Ourinhenses que o Servidor está apenas cobrando tudo o que lhe fora prometido em campanha eleitoral. Além disso, os Servidores querem mostrar seu enorme respeito pela população a quem se dedicam todos os dias.

          Em respeito a todos os Servidores Municipais que merecem ter seu trabalho reconhecido e valorizado, a greve continua. O SINSERPO vem cumprindo com todos os tramites legais do Movimento Paredista, por isso continua a espera de convocação por parte do Poder Executivo para a reabertura das negociações. Os Servidores de Ourinhos esperam há muitos anos por uma valorização digna e que não seja apenas uma promessa de campanha.

 

 

“Mais uma vez estou provando minha inocência, e assim também será no caso Feitosa” diz Mira

VER NOTÍCIA

STF proíbe Taxa de Incêndio, Otacílio disse que já esperava a decisão

VER NOTÍCIA

“As provas estão na prefeitura” diz advogado de Sueli Feitosa

VER NOTÍCIA