Região

Servidores de Ourinhos conseguem na justiça encontro com prefeitura, greve está suspensa

 

 

Servidores conquistam judicialmente o direito de terem suas reivindicações ouvidas

 

Assessoria imprensa Sindicato

 

           O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo agendou, após ação de Dissídio Coletivo proposta pelo Sindicato, uma audiência de conciliação entre o Sindicato e o Poder Executivo. Depois de cinco dias de greve e as incansáveis vezes que o Sindicato tentou reabrir as negociações, os servidores se reunirão com o executivo por força da intervenção do judiciário.

Mesmo cansados de tanto descaso, os servidores estiveram presentes em mais um dia de luta. Nesta terça-feira, 4 de abril, a greve teve continuidade graças aos servidores e ao sindicato (SINSERPO), que começaram logo cedo sua manifestação, às 8h da manhã, na Praça Mello Peixoto. Após a concentração, uma multidão partiu em passeata pelo centro da cidade até Prefeitura Municipal.

             Logo depois, por volta das 15h, os servidores caminharam novamente rumo ao Sindicato, quando foi realizada mais uma Assembleia Deliberativa de Greve. Ali, o sindicato deu ciência à todos sobre a designação da audiência de conciliação,  que será intermediada pelo Tribunal de Justiça, no próximo dia 11 de abril, às 15h30.

            Na ação de dissídio coletivo, o sindicato pede que a justiça reconheça a má-fé do Executivo, que levou à Câmara a analisar proposta inferior à que já tinha sido apresentada em mesa de negociação. Outro pedido é o de que o Executivo apresente todos os impactos financeiros caso seja atendida a pauta do sindicato, promessa feita ainda no início das negociações e até hoje não cumprida.

             Por conta da proximidade da audiência, os servidores deliberaram por suspender a greve até a próxima quarta, dia 12, quando novamente se reunirão em assembleia, no Clube Olímpico, para tomar ciência do resultado da audiência e decidir os rumos do movimento.

Cristiano Miranda cobra melhorias na SP 225, principalmente no trevo Parque das Nações

VER NOTÍCIA

Recurso de Yakissoba Solidário será investido em enxoval para o Hospital

VER NOTÍCIA

Micromap rebate acusações de Feitosa

VER NOTÍCIA