Região

Abertura da 6ª Feira Artesanal de Ourinhos reúne centenas de visitantes

 

 

Pelo menos 400 visitantes prestigiaram, na noite de quinta-feira (06), a abertura da 6ª Feira Artesanal de Ourinhos, que se estende até domingo (09), no recinto da Fapi, das 10h às 21h. A feira dispõe de 69 expositores de diversos tipos de artesanato, desde patchwork, tecelagem e couro, até arte indígena, relicários, chinelos personalizados e crochê. O público também tem á disposição uma praça de alimentação. A cada duas horas os visitantes podem participar de um curso de artesanato oferecido no local.

         A abertura oficial da exposição também reuniu autoridades. Estiveram presentes a primeira-dama Clara Pocay; o vice-prefeito Doutor Ferreirinha; o Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico Sustentável, Júlio Gurgel; secretário adjunto de Assistência Social, José Roberto Tasca; e os vereadores Cícero Investigador e Sérgio Pazianotto.

No discurso de abertura o vice-prefeito Ferreirinha falou da importância da feira e da promoção do intercambio entre os artesãos de Ourinhos e região. Os visitantes puderam apreciar também espetáculo de dança do ventre das alunas da professora Lila Pompeu.

 

 A primeira dama Clara Pocay ressaltou a importância dos trabalhos manuais.

“O artesanato é muito rico, ele traz geração de renda, conhecimento passado de geração em geração, é uma terapia, uma conexão entre as pessoas, trazendo um universo de possibilidades. Nós do Fundo Social queremos incentivar e fortalecer o artesanato na nossa cidade”, diz.

Carlos Bela, artesão de cerâmica queimada da cidade de São Paulo, está participando da feira pela terceira vez. “Eu adorei Ourinhos e povo daqui, pra mim é um prazer participar desta feira, que esse ano está ainda mais bonita”, comenta.

Lúcia Alvim, moradora de Ourinhos, achou a feira maravilhosa e de muito bom gosto. “A qualidade dos trabalhos está de parabéns, já estou de olho em três artesanatos que eu gostei muito e tenho a intenção de comprar” disse.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico Júlio Gurgel a feira proporciona a cultura do artesanato e a troca de conhecimento. “A feira tem tudo para ser um sucesso e isso é resultado de uma boa gestão, os artesões estão felizes, os visitantes estão gostando, e o resultando será excelente”, comenta.

 

“I Semana de teatro Umberto Magnani” começa nesta quarta-feira

VER NOTÍCIA

Icaiçara Clube comemora conquista no Taboão Fest Dance

VER NOTÍCIA

“Em estrutura será a maior até agora” diz uma das organizadoras da encenação da Paixão de Cristo

VER NOTÍCIA