Política

Com velório fechado, vereadores colocam prédio da câmara a disposição da população

 

 

O presidente do legislativo, Marcos Cantor, disse que se for preciso cancela até a sessão da próxima segunda-feira.

 

O corpo da jovem Renata Bacochina (27 anos) que faleceu nesta segunda-feira (10), está sendo velado no prédio da câmara de vereadores de Santa Cruz do Rio Pardo, e seu sepultamento será as 15H00.

Mas, além de todo sofrimento da família por perder uma pessoa, ainda teve o aborrecimento com o local para velar o corpo, isso porque o velório municipal está fechado para reformas, e com isso a prefeitura disponibilizou a Expopardo.

Com o inicio do velório de Renata no salão da Expopardo, começou uma enxurrada de criticas nas redes sociais, a principal delas pela escuridão no local, e também por ficar muito distante do centro da cidade.

Algumas pessoas começaram a marcar vereadores em suas publicações, e uma destas mensagens foi encaminhada para o vereador Murilo Costa Sala (SD).

“Eu estava na igreja com minha esposa, e ao sair recebi a mensagem de uma amiga me dizendo que eu e os demais vereadores estávamos sendo criticado nas redes sociais, eu nem sabia o que estava acontecendo, e muito menos que o velório estava fechado para reformas” disse Sala.

O vereador comentou que então resolveu ir até a Expopardo e conversar com a família “Fui até o local e realmente percebi alguns inconvenientes, o principal deles a escuridão, que por sinal foi resolvido enquanto eu estava lá, mas ainda assim fiquei incomodado com a situação e resolvi ligar para o presidente Marcos, e de imediato ele colocou a câmara a disposição, então conversei com os familiares da moça e resolveram transferir o velório para o prédio do legislativo” concluiu Murilo.

Marcos Cantor confirmou a história, e disse ainda que o prédio da câmara estará a disposição da população santa-cruzense até o término da reforma do velório, que deve acontecer até a próxima terça-feira.

“O Murilo me ligou e claro concordei na hora, aqui não é meu e nem dos vereadores, essa casa é da população, e por isso eu espero que ninguém precise, mas se precisar o velórios poderão acontecer aqui até o término da reforma do velório” comentou o presidente.

Ele também disse não saber da reforma do velório “Foi uma surpresa para mim, e mais já conversei com oito vereadores hoje, e nenhum deles sabia que o velório estava fechado, foi uma falha de comunicação que não pode acontecer, mas já falei rapidamente hoje com o prefeito e está tudo resolvido, essa casa está a disposição da população, já cancelamos dois eventos que aconteceriam aqui, e se houver necessidade também vamos cancelar a sessão da próxima segunda-feira” finalizou o presidente do legislativo santa-cruzense.

 

Célio Guimarães disse que a prefeitura tomou todas as providências para adequar a Expopardo

 

Outro lado: A reportagem do Santa Cruz News conversou com o responsável pela comunicação da prefeitura de Santa Cruz, Célio Guimarães, e ele disse que aconteceu tudo muito rápido, mas que foram tomadas todas as providências para a Expopardo receber os funerais.

“É claro que a Expopardo não é um local adequado, lá não é velório, mas foi uma emergência, tomamos todas as providências, inclusive a contratação de um segurança, e ficamos sabendo que realmente estava muito escuro lá fora, mas isso também foi resolvido em poucas horas” comentou.

Guimarães também explicou o motivo de ninguém ter sido avisado da reforma “Isso é uma coisa administrativa da prefeitura, e mais, foi tudo muito rápido, o velório não seria fechado mesmo com as reformas, mas o responsável pelo local nos procurou ontem e disse que o cheiro estava muito forte no prédio e seria inviável utilizar o espaço, a partir daí corremos para ajeitar a Expopardo, e não deu tempo para conversar com ninguém”.

“Agora já está tudo resolvido, o prefeito conversou com o presidente da câmara, e o prédio do legislativo estará a disposição, e se houver necessidade a prefeitura também estará preparada para não deixar a população desamparada” terminou dizendo Célio Guimarães.

 

 

 

 

Melhorias na Raposo Tavares: Ricardo Madalena visita DER em busca de informações

VER NOTÍCIA

Severo cobra aumento de viaturas policiais em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Através de “nota oficial” prefeitura tenta desmentir parte da imprensa santa-cruzense

VER NOTÍCIA