Revista

Obras de duplicação avançam na Bauru-Ipaussu

 

 

Trabalhos geram mais de 400 empregos

 

As obras de duplicação da SP-225 Rodovia João Baptista Cabral Rennó refletem o avanço no desenvolvimento e modernização no trecho, principalmente para as comunidades cortadas pela rodovia Bauru-Ipaussu, como é conhecida. Os serviços movimentam a economia local e regional, isto porque os trabalhos geram renda para diversas famílias por meio da contratação mais de 400 trabalhadores.

Quatro empresas foram contratadas para executar as obras de duplicação do trecho de 42,5 quilômetros da SP-225 até o entroncamento com a SP-280 Rodovia Castelo Branco, em Santa Cruz do Rio Pardo. Ao longo das obras, cerca de 200 máquinas, entre rolo compactador liso, rolo compactador de pneus, tratores de esteira, retroescavadeiras, pás carregadeiras de rodas, escavadeiras hidráulicas, caminhões e moto niveladoras, atuarão diariamente para entregar a nova pista, que irá beneficiar a população em seis cidades da região: Cabrália Paulista, Duartina, Paulistânia, Lucianópolis, Espírito Santo do Turvo e Santa Cruz do Rio Pardo.  

As melhorias incluem a construção de duas faixas de rolamento, acostamento, sistema de drenagem, sinalização horizontal e vertical, obras complementares e canteiro central para separar o fluxo de veículos de sentidos opostos.

Com um investimento de mais de 300 milhões, as obras contribuem para a expansão do comércio, da indústria, do agronegócio, do turismo e da prestação de serviços nos municípios.

Os serviços começaram no fim do mês de março e têm término previsto para o final de setembro. O cronograma executado corresponde a 62,4% do total do projeto. A SP-225 já recebeu 7,6 quilômetros de duplicação, entre o km 235+040 e o km 242+670, compreendendo a extensão no trecho do município de Bauru. Posteriormente, mais 13,6 quilômetros, entre os km 242+670 e o 256+327, já no município de Piratininga foram executados.

Mais atenção

O trecho em obras exige mais atenção dos motoristas. Nessa fase em que os serviços estarão em execução, a Concessionária orienta aos motoristas que tenham paciência, mantenham a distância do veículo à frente, reduzam a velocidade e sigam as instruções da sinalização.

‘Homem bandeira’, placas, sonorizadores, cones e balizadores podem indicar ‘Pare e Siga’, estreitamento de pista, desvios, redução de velocidade, máquina no acostamento, entrada e saída de veículos da obra, entre outras intervenções comuns nas rodovias. Acreditar na sinalização e respeitá-la é o principal mandamento ao volante: a sinalização é resultado de profundo estudo técnico de engenharia e visa segurança e redução de acidentes.

OBRAS

Duplicação de 42,573 quilômetros

– Do km 256+327 ao km 298+900

Construção de oito dispositivos e Melhoria do Dispositivo de acesso à SP-280 Rod. Castelo Branco

– Dispositivo Km 256+600

– Dispositivo Km 259+800

– Dispositivo km 263+000

– Dispositivo km 267+400

– Dispositivo km 273+400

– Dispositivo km 277+700

– Dispositivo km 280+300

– Dispositivo km 284+150

– km 298+800 – Melhoria do acesso à Rodovia Castelo Branco (SP-280)

 

 

Corredor Raposo Tavares está entre as rotas mais seguras do Centro-Oeste e Oeste de SP

VER NOTÍCIA

Cuidado com a saúde dos olhos garante direção segura

VER NOTÍCIA

Dezembro Laranja: Motoristas estão expostos a riscos de câncer de pele

VER NOTÍCIA