Política

Prefeitura de Santa Cruz fecha contrato de 30 anos com a Sabesp

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo, Otacílio Parras Assis (PSB), recebeu na tarde desta quinta-feira (20) em seu gabinete o Superintendente da Sabesp, Ivan Sobral de Oliveira, para aquele que talvez tenha sido o último capítulo da negociação de renovação do contrato entre a prefeitura e Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.

Depois de anos de negociações as duas partes chegaram a um acordo “Finalmente terminamos, foram 4 anos comigo, pois a negociação já vinha da administração anterior, e agora estamos com o contrato em definitivo, eu e o Ivan já assinamos todos os documentos, agora só falta a última página que será assinada pelo presidente da Sabesp em São Paulo, e estamos marcando para começo de maio, mas já está tudo certo” disse o prefeito, mostrando muita satisfação com o resultado final.

“Conseguimos muitas conquistas, o valor inicial na negociação era 4 milhões de Reais, fechamos em 5 milhões e 200, conseguimos incluir o Distrito Industrial, isso sem falar em Sodrélia e Caporanga que foram as brigas mais acirradas” comentou o chefe do executivo.

Otacílio continuou “Caporanga tem muitas casas e perspectiva de crescimento, teve até ação judicial, então a Sabesp assinou um termo de compromisso, e sendo assim Caporanga terá esgoto e tratamento, já em Sodrelia tivemos abrir mão, isso porque são poucas residências, e não tem rio próximo, então mesmo tratado não tem onde se lançar esse esgoto, a briga ficou então porque eles queriam doar as fossas e a prefeitura instalar, então exigimos que eles construíssem as fossas, a prefeitura com o seu poder de polícia irá conseguir as autorizações com os proprietários e a Sabesp fará a instalação gratuita, isso nas residências já existentes, nos novos imóveis isso ficará por conta do proprietário”.

Otacílio se mostrou satisfeito com o resultado final das negociações

 

O valor a ser recebido será pago em duas parcelas, R$ 2.100.000,00 após 90 dias da assinatura do contrato, e o restante R$ 3.100.000,00 daqui um ano, e ainda todo ano a prefeitura irá receber 1% do lucro líquido da empresa em Santa Cruz.

O representante da Sabesp também se mostrou satisfeito com o final da negociação  “Tenho um carinho muito especial por Santa Cruz, aqui foi a primeira cidade em que trabalhei como gerente da Sabesp, o prefeito era o Onofre, fechamos um contrato de 30 anos, e neste dia especial estamos reforçando nosso compromisso de oferecer água com quantidade e qualidade, fazer o esgotamento sanitário e tratando com manda a legislação, e atender toda a população santa-cruzense, foi uma negociação longa e felizmente chegamos ao denominador comum” disse Ivan.

O Superintendente falou do compromisso assumido com o Distrito Industrial “Foi formalizado um termo de doação, a prefeitura está nos passando todo o patrimônio do sistema de água daquele local, lá tem poços, redes e reservatórios, vamos melhorar esse sistema, e vamos implantar o sistema de tratamento, hoje não existe, e vamos atender todo o Distrito Industrial”.

Ivan Sobral garantiu que a Sabesp terá uma preocupação maior com serviço de tapa buraco

 

Oliveira revelou que a partir de agora com o contrato assinado a empresa fica mais a vontade para fazer investimentos na cidade “Não paramos de atender ao município, mas é óbvio que agora com contrato assinado temos mais tranquilidade para realizarmos investimentos em Santa Cruz, vamos fazer um reservatório próximo da escola Sesi, atender Sodrelia e Caporanga, e vários outros investimentos, mas Santa Cruz já é uma cidade que chamamos de 300%, 100% de abastecimento, 100% de coleta de esgoto e 100% de tratamento.

Ivan terminou a entrevista dizendo que a Sabesp dará uma atenção maior e fará cobranças para a empresa responsável do serviço de asfalto após as obras “O prefeito tem nos colocado que está recebendo muitas reclamações da população, é uma preocupação nossa, obviamente a Sabesp não quer romper o asfalto, mas não tem jeito. Esse é um problema do saneamento básico no mundo todo, agora o fato de abrir não quer dizer que tem de demorar para fechar ou fazer mal feito, damos a recomendação que se faça o mais rápido possível e com qualidade. Já pedi ao prefeito que se acontecer essa reclamação que asfalto soltou ou afundou, que nos comunique imediatamente, porque o serviço deve ser refeito, temos uma empresa contratada para fazer isso, e ela tem obrigação e recebe por isso, e ainda por contrato tem dar uma garantia de 5 anos do serviço, então se não ficou bom ela é obrigada a refazer, estaremos com muita atenção neste item, pois é o único item que temos reclamação em Santa Cruz”.

Existe também a garantia de que não haverá ajuste nas tarifas de água em Santa Cruz, apenas o reajustes normais que acontecem em todo o estado, e isso não tem nada com a renovação de contrato.

 

 

 

Presidente da câmara de Ourinhos elogia projeto de inclusão social no esporte

VER NOTÍCIA

Vereador quer informações sobre “máquina de destruir documentos” encontrada na Codesan

VER NOTÍCIA

“Tenho a promessa do Alckmin que a Raposo não será pedagiada” diz Madalena

VER NOTÍCIA