Policial

Advogado de Sueli Feitosa já pediu a delação premiada ao Ministério Público, “Ela tem muito a falar” disse

 

 

Dr. Luiz Henrique Mitsunaga, advogado de Sueli Feitosa, enviou nesta semana ao Ministério Público de Santa Cruz, um pedido de delação premiada para a sua cliente.

“A Sueli vai pontuar tudo o que aconteceu ao longo de mais de 16 anos em que ela ocupou o cargo na tesouraria, vai esclarecer não só a sua rotina, mas tudo o que ela sabe e o que ela viu durante todos esses anos” disse o advogado.

A reportagem SCN apurou que o promotor Dr. Reginaldo Garcia já respondeu ao pedido do advogado de defesa, e pediu que em até dez dias ele apresente fatos concretos, para a decisão de a delação será aceita ou não.

Mitsunaga disse estar mantendo contato direto com Sueli, e irá apresentar um relatório ao Ministério Público de tudo que ela tem para contar.

Dr. Reginaldo Garcia já pediu relatório ao advogado de defesa para definir se aceita ou não a delação

 

“Não adianta ficar só na conversa, nós temos que por no papel oficial, aí vai caber a autoridade policial e ao próprio Ministério Público decidir quais os passos serão adotados, se vai ou não investigar, isso cabe as autoridades, e a defesa vai respeitar, a Sueli tem interesse de colaborar e vai fazer” comentou o advogado.

O advogado concluiu “A Sueli está presa e vai responder eventualmente por aquilo que ela possa ter praticado e sabe disso, neste momento ela reconhece aquilo que já fez, mas o que tem que ficar claro é que nem tudo é de responsabilidade da Sueli, existem muitas coisas que neste momento devem ser esclarecidas, não para a defesa ou Ministério Público ou ainda autoridade policial, devem ser esclarecidas para a sociedade de Santa Cruz, porque neste momento existe de forma exclusiva um peso excessivo em cima da Sueli ou de sua família que vem sendo massacrada, quando na verdade existem outros responsáveis, existe muita coisa a ser apurada, o Ministério Público e a autoridade policial terão muito trabalho para apurar tudo o que está acontecendo, e é fato que a Sueli sabe, ela viveu, ela estava lá dentro, é a única que pode esclarecer o que de fato aconteceu”.

 

 

 

 

Jovem de 22 anos morre em acidente na SP 225

VER NOTÍCIA

Briga por som alto termina em “facãozada” na Vila Divinéia

VER NOTÍCIA

PMR faz apreensão de mais de 250 mil maços de cigarros em Santa Cruz

VER NOTÍCIA