Revista

Família é a grande parceira no atendimento domiciliar

 

 

Participação da família pode ser uma grande aliada na evolução do paciente, mas também pode causar alguns obstáculos

Um dos grandes benefícios do atendimento domiciliar é o envolvimento da família nos cuidados com o paciente (veja abaixo outros pontos positivos da assistência em domicílio).

Só o fato de estar em um ambiente íntimo e sentindo o carinho da família já proporciona uma situação positiva em relação à evolução deste paciente, que se sentirá mais à vontade e seguro para tomar as medicações nos horários corretos, aceitar melhor os procedimentos de enfermagem,  principalmente aqueles relacionados as suas limitações (uso de fraldas geriátricas, ajuda para andar, auxílio no banho, etc), e receber incentivo no tratamento de recuperação, quando for o caso.

“O entrosamento entre a família e os profissionais de enfermagem que trabalham na casa também é fundamental para o sucesso da assistência. Os dois precisam falar a mesma língua, concordar com o planejamento traçado, ter muita confiança um no outro e saber onde começa o espaço de um e termina o do outro”, afirma Nayara Moreno, gerente de enfermagem da AleNeto Enfermagem.

Pois respeitar os limites, muitas vezes, é o grande desafio para o bom relacionamento. “É muito comum, na ânsia de ajudar, a família acabar atrapalhando, pois opina e se envolve em áreas onde a autonomia da enfermagem deve ser plena. Quando isso ocorre é importante uma reunião para colocar os pingos nos is. Tudo em benefício do paciente”, orienta Alexandre Moreno, diretor da empresa de atendimento domiciliar que atua em Santa Cruz do Rio Pardo e região.

“O que vou falar agora não é impressão, é estatístico: os pacientes que mais evoluem são aqueles que vivem em casas onde o entrosamento entre a família e a equipe de saúde é satisfatório. Isso acontece com confiança e respeito entre as partes”, avalia Nayara Moreno.

Veja outras vantagens do atendimento domiciliar:

  • Ser tratado nas acomodações e no conforto do seu lar.
  • Ter maior privacidade e segurança física.
  • Ter maior dignidade em um ambiente que não alimenta a ideia de doença.
  • Evitar riscos de infecções cruzadas (infecção hospitalar).
  • Melhor acompanhamento da evolução do paciente pela família.
  • Poder contar com o apoio, atenção e carinho da família.
  • Melhor visão da assistência oferecida ao paciente, algo muitas vezes impossível quando o paciente está hospitalizado.
  • Maior contato paciente-família, sem a necessidade de deslocamento a hospitais, tendo muitas vezes que pernoitar no hospital para acompanhar o paciente.

A AleNeto Enfermagem presta atendimento domiciliar em Santa Cruz do Rio Pardo e região. Para conhecer mais, ligue (14) 3372-0631 e no telefone de plantão 24 horas (14) 99747-0154.

 

 

Colaboradores da Santa Casa aderem ao Programa Nota do Bem

VER NOTÍCIA

Morre “Edinho da Codesan”

VER NOTÍCIA

Santa Casa passa por avaliação da Rede Cegonha

VER NOTÍCIA