Política

“Ela precisa aliviar a culpa acusando inocentes” diz Ricardo Moral

 

 

Durante entrevista coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17) em Bauru, o advogado Luiz Henrique Mitsunaga (foto), entregou documento assinado por Sueli Feitosa, onde ela faz revelações sobre  desvio milionário de dinheiro na prefeitura de Santa Cruz.

 

“Tudo começou quando em determinada oportunidade fui procurada pelo então assessor do prefeito Adilson Mira, a saber, o sr. Ricardo Moral, o qual de forma insistente dizia que ele e o “chefe” precisavam de recursos e que isto seria possível através da tesouraria, durante certo tempo tentei me esquivar, por não acreditar na proposta feita, até por achar ela absurda, até o ponto em que o sr. Ricardo Moral, de forma contundente e ameaçadora me disse SUELI< SE VOCÊ NÃO FIZER O QUE NÓS QUEREMOS, VOCÊ NÃO FICARÁ ONDE VOCÊ QUER, diante da ameaça e com medo de perder minha função, após muita insistência, concordei e comecei a retirar valores do caixa da tesouraria, para entregar ao sr. Ricardo Moral. Neste momento, reconheço que tomei a pior decisão da minha vida, pois deveria ter me submetido a demissão ao lugar da prisão onde me encontro atualmente”

É assim que Sueli Feitosa conta como teve inicio o desvio milionária dos cofres da prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, ela revelou ainda que foi na administração Mira que o golpe teve inicio, mas não se recorda o ano.

A revelação está em um documento que foi entregue para a imprensa pelo seu advogado Luiz Henrique Mitsunaga.

Através de e-mail enviado ao Grupo SCN, Ricardo Moral nega todas as acusações “A Sra. Sueli Feitosa precisa aliviar a sua culpa colocando outras pessoas inocentes no meio” disse Moral.

Ricardo não está  mais morando em Santa Cruz do Rio Pardo, e já foi acusado pelo prefeito Otacílio Parras Assis, de ter impedido a ex prefeita Maura de fazer a transição de governo, quando ele Otacílio assumiu a prefeitura.

Confira o e-mail enviado por Ricardo Moral:

“Eu Ricardo Moral Lopes, venho através deste repudiar a declaração do Dr. Mitsunaga, onde colocou meu nome no esquema de desvio cometido pela Suely Feitosa. Essas ausações são infundadas, pois ela declarou que desde 2001 ele desviava dinheiro da Prefeitura sendo que nessa época nem na cidade eu estava. A Sra. Suely Feitosa precisa aliviar sua culpa colocando outras pessoas inocentes no meio a fim de ter benefícios em uma delação premiada. A mesma está faltando com a verdade e terá que provar as acusações que fez. Informo que sou inocente destas acusações. Estou à disposição da justiça para esclarecer esses fatos absurdos. A promotoria de justiça tem meu endereço e telefone, pois mantemos contatos anteriores. Obrigado”.

 

 

STF proíbe Taxa de Incêndio, Otacílio disse que já esperava a decisão

VER NOTÍCIA

“As provas estão na prefeitura” diz advogado de Sueli Feitosa

VER NOTÍCIA

Cristiano Miranda cobra melhorias na SP 225, principalmente no trevo Parque das Nações

VER NOTÍCIA