Política

Otacílio diz que denúncias contra Claudio Gimenez não são consistentes

 

 

O prefeito Otacílio Parras Assis (PSB) concedeu entrevista no final da manhã desta segunda-feira (22), e claro o assunto foi o documento assinado por Sueli Feitosa e distribuído para imprensa na semana passada, onde ela faz várias denúncias.

Otacílio começou a entrevista mostrando um e-mail onde tem reserva em um hotel na cidade de São Paulo, e fez questão de dizer que não fugiu da cidade após a divulgação do tal documento, que já tinha compromisso agendado a um mês pela menos.

Em seguida revelou que após tomar ciência das denúncias tomou algumas decisões, como trocar toda a equipe da tesouraria, e exonerar o funcionário Alex Teodoro Nogueira, acusado por Feitosa de extorquir fornecedores, e manter Claudio Gimenez na presidência da Codesan.

“São muitas acusações, maior parte não pode ser verdade, mesmo porque se tudo fosse verdade até eu teria que ser exonerado, pois existem acusações que cobramos 20% por asfalto, claro que a polícia vai ter que ouvi-la, e o mais rápido possível, tudo isso precisa ser esclarecido, de imediato já mandei o secretário de finanças trocar todos os funcionários da pasta, e estou exonerando o Alex, ele não sabe ainda, vai ficar sabendo pela imprensa, e por isso já peço desculpas para ele,  não estou duvidando da idoneidade destas pessoas que fique bem claro, apenas para que o secretário tenha liberdade montar a sua equipe, e todos são concursados e irão para outras pastas, com exceção do Alex que está sendo exonerado, pois não é concursado, e se forem processar a Sueli que usem até esse argumento, que perderam cargos ou foram transferidos” disse o prefeito.

“Já em relação ao Claudio Gimenez ela faz uma acusação gravíssima, porém uma acusação sem consistência, ela disse que durante todos esses ano foi sempre o mesmo motoboy para retirar o envelope aqui nas vizinhanças da prefeitura, mas não sabe o nome dele, isso é difícil de acreditar, que durante 4 anos recebeu esse motoboy e não sabe quem é ele, impossível acreditar, e como o Claudio que não trabalhava no setor e que não tinha nenhum contato com ela, descobriu o roubo, e o secretário que estava ao lado dela não descobriu, aí eu entendo que ela quis incriminar alguém, e escolheu no caso o Claudio” comentou o prefeito.

E continuou “Ele faz um bom trabalho e está saneando a Codesan, vou dizer para vocês que até ontem a noite eu também pensava em exonerar o Claudio, pensei até em nomes para colocar no lugar dele, hoje pela manhã conversando com algumas pessoas comecei mudar de ideia, e conversando com ele, resolvi aguardar os depoimentos da Sueli, quais as provas que ela vai apresentar contra ele para não cometer nenhuma injustiça, o nome já está na lama, mas eu não posso querer pisar em cima, só que também não serei o responsável para tirá-lo da lama, eu acho que a justiça deve adiantar esse processo, e ver se ela apresenta provas”.

A entrevista durou quase 45 minutos e Otacílio confirmou que novas investigações irão acontecer na prefeitura, defendeu algumas empresas citadas por Sueli, como a Micromap, e antes contrário a abertura de uma CPI pela câmara, agora mudou de ideia.

“A câmara tem sim que investigar tudo isso” comentou.

 

 

Governador sanciona projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgação dos radares

VER NOTÍCIA

Assembleia aprova projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgar localização de radares

VER NOTÍCIA

Prefeitura de Santa Cruz investe meio milhão de reais em implantação de led

VER NOTÍCIA