Região

Hoje é dia da banda mineira Jota Quest invadir a Fapi

 

 

Neste domingo (04) o sertanejo dá um tempo no palco da 51ª Fapi de Ourinhos, depois de super shows com os sertanejos Maiara e Maraísa (sexta) e Luan Santana (sábado), agora é a vez do pop rock da banda mineira Jota Quest invadir Ourinhos, neste terceiro dia de feira.

No show marcado para ás 23Hoo o Jota Quest promete um show com mix de seus grandes sucessos com as músicas mais novas do grupo.

Os ingressos para o show do Jota Quest estão sendo vendidos a R$ 30,00.

Vale lembrar que neste domingo o parque “Olavo Ferreira de Sá” está aberto durante todo o dia, com exposição de vários setores das indústrias e comércio, praça de alimentação e parque de diversões. A entrada na feira é gratuita.

 

Conheça a história do Jota Quest

 

Jota Quest é uma banda brasileira de pop rock formada em Belo Horizonte, em 1993. Nasceu com o nome J.Quest, por inspiração do desenho animado Jonny Quest. Para não serem processados pela Hanna-Barbera, o grupo teve de mudar o nome da banda para Jota Quest no final da década de 1990. Há também uma versão que diz que a alteração foi feita por Tim Maia, que, se referia a banda como Jota Quest.[1]

A banda também encontrou inspiração na banda de acid jazz Jamiroquai[2]. Foi por gostar de black music (soul/funk/disco) e acid jazz que o baixista PJ e o baterista Paulinho Fonseca resolveram formar uma banda. Em seguida, o guitarrista Marco Túlio Lara e o tecladista Márcio Buzelin juntaram-se ao grupo. Rogério Flausino começou sua atuação no conjunto após ser escolhido num teste com mais de dezoito candidatos.

Em 1996, foram contratados pela Sony Music e gravaram o primeiro álbum J. Quest, que trouxe alguns singles de destaque, como a regravação de “As Dores do Mundo” (de Hyldon) e “Encontrar Alguém”.

O grupo fez seu primeiro show como J. Quest inspirado no desenho animado Jonny Quest e na banda de acid jazz Jamiroquai, ideia do baixista PJ (ainda que nenhum dos integrantes fosse fã do desenho). Na época, o grupo circulou pelo circuito de bares e faculdades de Belo Horizonte e chegou a reunir mais de duas mil pessoas por apresentação. Com isso, a banda foi conquistando espaço. o contrato com a Sony Music veio em seguida e o primeiro disco foi lançado em agosto de 1996. O visual dos anos 70, representado na capa do álbum de estreia por roupas características e enormes perucas black power da época, agradaram ao público e à mídia. Não demorou muito para as músicas “Dores do Mundo” e “Encontrar Alguém” – sucessos em Belo Horizonte – conquistarem as rádios de todo o Brasil. Mas levou um tempo ainda para se apresentarem na televisão. No dia 11 de janeiro de 1997, eles foram convidados pela Xuxa a irem se apresentar no programa que na época se chamava “Xuxa Hits” da Rede Globo. Foi a primeira apresentação do Jota Quest na televisão aberta.[carece de fontes]

A banda fez amizade com Tim Maia, de quem gravou “Dance Enquanto é Tempo”, o cantor se referia a banda como “Jota Quest”, ao saber que usavam o nome J. Quest, a Hanna-Barbera, dona do desenho Jonny Quest ameaçou processar a banda, que logo optou pelo apelido dado por Tim Maia.[1]

Em 1998, já assinando como Jota Quest, a banda lançou o trabalho De Volta ao Planeta, consolidando sua carreira em todo o país. A música “Fácil” foi uma das faixas mais tocadas da época e o grupo conquistou seu primeiro disco de Platina por vender mais de 250 mil cópias do disco.[carece de fontes]

Em 2000, o conjunto lançou o disco Oxigênio, que é o disco mais Rock and roll da banda, trazendo várias baladas românticas como “Dias Melhores”, ” O Que Eu Também Não Entendo” e “Tele-Fome”.

Em 2002 foi lançado o disco Discotecagem Pop Variada. Rogério Flausino foi convidado pela Disney para cantar a versão brasileira a trilha sonora do filme Planeta do Tesouro. Seu título é “Estou Aqui” (I’m Still Here).[carece de fontes]

Em 2003, nos dias 1 e 2 de maio, foi realizada a gravação do disco MTV ao vivo, na Praça do Papa, em Belo Horizonte, com transmissão na MTV Brasil. Primeiro álbum ao vivo do grupo, o trabalho, reuniu seus maiores hits e contou com a participação especial de Arnaldo Antunes e Thaíde. No mesmo ano, o Jota Quest foi o único grupo em toda a América Latina a ser convidado para participar da trilha sonora do filme Homem Aranha 2 com versão para o tema do desenho animado do herói (regravada anteriormente pelas bandas Ramones e Aerosmith) com letra de Rogério Flausino.[carece de fontes]

Em 2005, quatro anos sem um trabalho inédito, o grupo gravou Até Onde Vai, que chegou às lojas em outubro daquele ano.[carece de fontes]

Dez anos depois do lançamento do primeiro CD, a banda marca presença no cenário pop rock brasileiro. Ao todo são seis CDs, milhares de shows e recordes de público por todo o Brasil, apresentações nos Estados Unidos e, recentemente, na Europa, onde participou da abertura do Rock in Rio Lisboa, dividindo palco com Carlos Santana e Roger Waters.[carece de fontes]

No ano de 2008, a banda lança La Plata, gravado no estúdio Minério de Ferro, após três anos da gravação do até então último álbum, Até Onde Vai que de 2005 foi a turnê mais longa do Jota Quest, chegando a lançar o DVD Até Onde vai, que foi gravado no dia 3 Setembro de 2006, no Anfiteatro Pôr-do-Sol em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. [carece de fontes] A canção “La Plata” esteve na trilha sonora da novela “Cama de Gato“, e a balada romântica “Vem andar comigo” foi tema de Caras & Bocas.[carece de fontes]

No segundo semestre de 2010, o conjunto lançou para o mercado latino o seu primeiro álbum em espanhol, intitulado de Dias Mejores. O álbum foi lançado primeiramente na Argentina.[carece de fontes]

Em 30 de março de 2011, chegou às rádios a canção intitulada “É Preciso (A Próxima Parada)“. No início de março, o Jota Quest anunciou uma turnê comemorativa aos 15 anos de carreira. A “J15 – 15 Anos na Moral” será uma espécie de festa com 5 horas de duração, onde a banda apresentará um show de três horas com três novas faixas e várias participações especiais como Pitty, Marcelo Falcão do O Rappa e da mais nova parceria com Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ambos ex-integrantes da Legião Urbana. Em um desses shows da turnê, no dia 30 de setembro, a banda tocou na quarta edição do Rock in Rio no antepenúltimo dia sendo um dos melhores shows do festival. Em Maio é lançado o box Quinze, primeira coletânea da banda, contendo quase quarenta faixas, sendo três inéditas.[3] Ainda em fase de celebração de aniversário da banda, em dezembro de 2011 foi gravado um show especial da turnê “Quinze”, contendo várias participações especiais no Credicard Hall, e o projeto foi lançado em CD e DVD em Maio de 2012 com o título Multishow ao Vivo: Jota Quest – Folia & Caos. Em Julho de 2012 foi lançado mais um álbum em CD e DVD, dessa vez, o registro do show no Rock in Rio 2011. A mais nova música de trabalho é Tempos Modernos. Em Março de 2013 a banda lança uma nova compilação intitulada Mega Hits, primeiro álbum lançado exclusivamente de forma digital em projeto da Sony Music. Além de 23 sucessos de carreira, o álbum traz duas regravações de antigos sucessos: Quero Que Tudo Vá para o Inferno de Roberto Carlos, e Pra Frente Brasil, sucesso da década de 1970.

No Início de Março de 2017 é anunciada a entrada do guitarrista Thiago Castanho ex-Charlie Brown Jr. para dividir as guitarras com Marco Túlio.

 

 

Hoje tem Safadão na Fapi Ourinhos, ainda existem ingressos

VER NOTÍCIA

Orquestra de Ourinhos e cantores prata da casa se apresentam hoje (5), às 20h, em palco da FAPI

VER NOTÍCIA

Hoje tem Luan Santana na Fapi

VER NOTÍCIA