Revista

Quando devo contratar alguém para cuidar dos meus pais?

 

 

 

Famílias ficam em dúvida sobre o momento certo de pedir ajuda. E, na maioria das vezes, essa ajuda precisa ser profissional

Filhos com pais que começam a entrar em uma fase crítica da velhice se deparam com situações difíceis e até mesmo constrangedoras.

Neste momento, nas reuniões familiares se discute a necessidade de contratar alguém para ajudar nos cuidados com esses idosos. A saída mais cômoda, fácil e barata é, tradicionalmente, usar os serviços de algum funcionário doméstico da casa que está há anos trabalhando lá para que este também faça tarefas como cuidar da medicação, ajudar na locomoção e também em atividades como banho. E este é exatamente um erro que pode custar caro mais para frente.

“Funcionários domésticos, infelizmente, não têm a capacidade de exercer tarefas simples da enfermagem. É muito comum as famílias acharem que o pai e a mãe estão sendo bem cuidados, mas quando se faz uma análise, não estão. Pelo contrário. Por falta de procedimentos básicos estão em uma situação que poderia ser evitada facilmente. Não porque  o funcionário não cuidou direito, mas porque ele não tem conhecimentos técnicos para fazê-lo”, fala Nayara Moreno, gerente de enfermagem da AleNeto Enfermagem.

O carinho, a atenção e a intimidade com o paciente são importantes nos cuidados, mas muitas vezes não são suficientes. Veja abaixo quando os idosos precisam de atenção especial dentro de casa:

– medicação em grande quantidade e complexa precisa ser corretamente administrada. Só um profissional pode avaliar a interação entre elas e decidir pelo aumento ou diminuição da dosagem em conversa técnica com o médico.

– dificuldade de locomoção é um risco grande. Seja para andar ou para fazer transferência entre cama, cadeira de rodas e cadeira de banho, um profissional vai saber exatamente como pegar esse idoso, sem o risco de queda ou de machucá-lo

– o idoso acamado exige cuidados mais complexos e avaliações permanentes para saber de sua situação clínica. O exame físico da enfermagem consegue fazer essa avaliação com precisão. Os cuidados com a pele são essenciais também

– idosos com Alzheimer ou Parkinson têm alterações de suas condições que podem ser muito evidentes e rápidas ou sutis e vagarosas. Em qualquer uma das situações, apenas um profissional da área de enfermagem pode agir e detectar isso com precisão e eficiência, garantindo males menores.

A AleNeto Enfermagem presta atendimento domiciliar em Santa Cruz do Rio Pardo e região. Para conhecer mais, ligue (14) 3372-0631 e no telefone de plantão 24 horas (14) 99747-0154.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA