Política

Câmara entrega cheque no valor de R$ 200 mil para prefeitura, dinheiro será investido na Apae e Sta Casa

 

 

Publicidade

 

Na tarde desta terça-feira (25), o presidente da câmara de vereadores de Santa Cruz do Rio Pardo, Marcos Cantor Valatieri (PR), foi até a prefeitura e entregou um cheque de R$ 200 mil, uma antecipação do duodécimo, dinheiro que sobra no legislativo e é devolvido a prefeitura ao final de todo ano.

“Estamos fazendo uma antecipação para a prefeitura, o prefeito tem dois belos projetos e estava necessitando deste dinheiro, graças a economias estamos fazendo na câmara foi possível fazer esta antecipação, e a expectativa é de devolvermos mais de um milhão de reais em dezembro” disse Marcos Cantor.

“Temos dois projetos urgentes para darmos inicio, e a prefeitura não tinha o dinheiro para começar, então entramos em contato com a câmara, e felizmente com a colaboração de todos os vereadores, poderemos dar inicio em um projeto importantíssimo na Apae, e investir na Santa Casa” disse o prefeito Otacílio Parras Assis (PSB).

O prefeito explicou os projetos “O principal projeto que vamos implantar já é na Apae, não é um pedido daquela instituição, é o município que necessita implantar um novo projeto para atendimento de crianças com paralisia cerebral, hoje estes pacientes são transportados para Marília, e não estamos conseguindo atender todas as crianças, hoje é uma ou duas atendidas, e nós temos cadastradas na Apae mais de vinte crianças, então esse projeto é para aquisição de equipamentos específicos para isso, são mais ou menos R$ 40 mil em equipamentos, a capacitação de profissionais, mais R$ 20 mil para treinar os profissionais da Apae, eles já tem os profissionais só precisa fazer a capacitação, e depois a manutenção e o pagamento, ou seja a prefeitura vai depois pagar por tudo isso, já temos uma tabela pré estabelecida, vamos pagar a Apae pelo serviço para ela não ter prejuízo e sim lucro para poder investir em outros setores, e isso vai custar no próximo ano em torno de R$ 10 mil por mês, é uma coisa muito boa para as famílias que tem esses casos grave em casa que ninguém vai interromper esse projeto, vai continuar mesmo com os futuros prefeitos”.

“Já na Santa Casa, nós temos lá o Centro de Especialidades, só que o prédio não é próprio para isso, falta uma recepção adequada, o pessoal tem esperar na rua, em dia de chuva é um transtorno, não tem sanitários adequados, então precisamos fazer todas essas melhorias, e com isso vai sobrar espaço para a Santa Casa criar o seu próprio laboratório” concluiu Otacílio.

 

 

 

 

Governador sanciona projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgação dos radares

VER NOTÍCIA

Assembleia aprova projeto de Ricardo Madalena que obriga divulgar localização de radares

VER NOTÍCIA

Prefeitura de Santa Cruz investe meio milhão de reais em implantação de led

VER NOTÍCIA