Região

Uso de equipamentos de segurança e respeito ao trânsito garante trajeto seguro para ciclistas

 

 

CART reforça cuidados para utilização da bicicleta; capacete e faixas refletivas são alguns itens que devem ser usados

 

Seja a trabalho, por lazer ou esporte, as bicicletas estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e a tendência é que o número de ciclistas aumente cada vez mais. Tanto os ciclistas de primeira viagem quanto aqueles mais experientes precisam tomar alguns cuidados para garantir a segurança.


A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares reforça algumas orientações que devem ser tomadas pelos ciclista que praticam o esporte e usuários que utilizam o transporte.

A bicicleta é considerada pelo Código Brasileiro de Trânsito (CBT) um veículo. Portanto, o ciclista deve respeitar as placas de sinalização e sinais de trânsito. A primeira orientação é manter-se sempre na mão correta de direção, de acordo com os demais veículos. Andar na contramão é infração grave. Tanto as bicicletas como os pedestres têm a preferência sobre os veículos automotores, de acordo com a lei.

Os ciclistas devem circular por ciclovias, ciclofaixas e acostamentos, mas, quando não houver, devem se manter no canto direito da rua ou pista, seguindo o sentido dos outros veículos. Para evitar acidentes, o ciclista também precisa prestar atenção a conversões e cruzamentos. É interessante ainda sinalizar com as mãos quando for realizar alguma manobra ou desvio. Para maior proteção, ciclistas em grupo devem trafegar em fila.

É preciso que o ciclista esteja utilizando equipamentos para sua proteção como capacete, óculos ou viseira, joelheiras e cotoveleiras, luvas, e roupas específicas. Para quem pedala à noite são indicados casacos e coletes refletivos e que brilham no escuro.

A bike também precisa estar equipada com alguns itens obrigatórios como espelho retrovisor instalado no lado esquerdo, buzina e farol noturno, além de refletores laterais, frontais e traseiros e sinalização noturna nos pedais. Os pneus devem estar sempre cheios, mantendo a bicicleta em boas condições em todas as suas situações de uso.

“É importante que o ciclista respeite o seu espaço para transitar em segurança e pedale em local onde possa ser visto por outros veículos. Em relação à saúde, é importante manter-se sempre hidratado ao longo do percurso. Além dos itens de segurança é necessário que o ciclista escolha locais seguros para pedalar, evite horários de maior fluxo, trafegar próximo a ônibus e caminhões e disputar espaço com veículos” afirma Luis Santos, gerente Operações CART.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A segurança dos usuários é um compromisso da Concessionária. Em 2016, a CART registrou 16,23% menos acidentes nas rodovias sob sua concessão em relação ao ano anterior e, no mesmo período, queda de 33,3% em vítimas fatais, antecipando os objetivos determinados como meta pela Década Mundial de Redução de Acidentes. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP, ocupando a sexta posição no ranking divulgado pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo que regulamenta e fiscaliza o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

 

 

Cart faz balanço de operação especial no feriado

VER NOTÍCIA

Feriado de 12 de Outubro terá operação especial de trânsito no Corredor CART

VER NOTÍCIA

CART entrega obras de duplicação da rodovia SP-225

VER NOTÍCIA