Revista

Mamografia: exame não invasivo e de melhor especificidade para diagnóstico

 

 

Dr. Gustavo comenta sobre a importância dos exames preventivos para a saúde da mulher

 

A mamografia é o exame de melhor especificidade para diagnóstico do câncer de mama. O exame preventivo que não é invasivo tem a intenção de verificar as lesões precursoras da doença (microcalcificações agrupadas), para que desta forma o diagnóstico seja precoce e tratamento iniciado com agilidade, assim como preveem as ações da campanha Outubro Rosa.

O médico ginecologista e obstetra, Gustavo Brasil do Carmo Zacura, do quadro clínico da Santa Casa de Misericórdia, de Santa Cruz do Rio Pardo, explica que a mamografia serve, inclusive, como direcionamento para a área que deverá ser estudada pelo exame de ultrassom utilizado como complemento.   

As mulheres devem começar a realizar o exame aos 40 anos, uma vez ao ano, mas em casos de câncer de mama na família, mamografia é indicada, a partir dos 25 anos.

“O auto exame de mama também é de extrema importância, pois caso a paciente diagnostique algo diferente nas mamas, deve procurar o médico”, orienta Dr, Gustavo.

Neste mês o SDI- Serviço de Diagnóstico por Imagem da Santa Casa entra na Campanha Outubro Rosa, com a realização do mutirão da mamografia. Mulheres com mais de 40 anos não precisam do encaminhamento médico para realizar o exame, basta entrar em contato através do telefone (14) 3332-1222, ramal 204 para agendamento.  O exame será realizado nos períodos da manhã e tarde, de acordo com necessidade de cada paciente. É importante a apresentação de exames anteriores de mamografia.

CÂNCER DE COLO DE ÚTERO

Outras ações de prevenção que também ganham destaque neste mês são para o câncer de colo de útero. Se diagnosticada precocemente a doença tem 100% de cura.

A prevenção através do exame Papanicolau deve ser feita anualmente, a partir do início da vida sexual da mulher. O exame tem alta especificidade de diagnóstico.

O HPV (Papiloma Vírus Humano) é responsável por 90% dos casos da doença.

Além do Papanicolau, hoje uma profilaxia importante para o câncer de colo de útero é a vacinação disponível na rede pública de saúde para faixa etária dos 9 aos 11 anos.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA