Revista

Santa Cruz tem estimativa de 30 casos de câncer de mama neste ano

 

 

De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), a estimativa é de 58 mil novos casos de câncer de mama, em 2017, no Brasil, já para as cidades do interior, assim como Santa Cruz do Rio Pardo, a previsão é de 30 registros.

Os números foram divulgados pelo médico ginecologista, José Antonio Peres, que ministrou palestra na tarde de quarta-feira (18 de outubro) às colaboradoras da Santa Casa de Misericórdia.

Além das colaboradoras, também participaram o evento as alunas do curso técnico de enfermagem da Etec Orlando Quagliato.

Entre os assuntos apresentados pelo médico estão as mudanças de hábitos, como parar de beber e fumar e manter uma vida ativa, como principal forma de prevenção ao câncer de mama.  Além disso, o médico ressaltou as formas de tratamento e importância do autoexame.

São fatores predisponentes ao câncer de mama, a idade como da menarca e menopausa, amamentação, obesidade após a menopausa, sedentarismo, radiação ionizante o tabagismo e alcoolismo.

“Não podemos dizer que se a pessoa não fumar ou beber, ela estará isenta do câncer, mas as chances são menores. Ainda não temos vacina, por isso o diagnóstico precoce é muito importante”, orienta.

O autoexame das mamas também é uma das formas de prevenção. A mulher deve fazer o mesmo deitada, com uma das mãos atrás da cabeça, de preferência após o banho e sempre depois do período menstrual.

O médico falou também sobre os tratamentos para o câncer de mama que variam de acordo com cada caso. “Mais um fato é certo as cirurgias são menos radicais, com possibilidade de retirada de parte das mamas e a reconstrução é feita na mesma hora”.

SERVIÇO

Neste mês o SDI- Serviço de Diagnóstico por Imagem da Santa Casa entra na Campanha Outubro Rosa, com a realização do mutirão da mamografia. Mulheres com mais de 40 anos não precisam do encaminhamento médico para realizar o exame, basta entrar em contato através do telefone (14) 3332-1222, ramal 204 para agendamento.  O exame será realizado nos períodos da manhã e tarde, de acordo com necessidade de cada paciente. É importante a apresentação de exames anteriores de mamografia.

 

 

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA