Revista

Gestão pretende organizar e profissionalizar a Santa Casa de Santa Cruz

 

 

Há seis meses a empresa Ingex Saúde é responsável pela gestão da Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Neste período foi elaborado o diagnóstico da instituição e a partir disso gerado o plano de ação que conta com 196 itens, destas tarefas 30% foram colocadas em prática.

A Associação Civil sem Fins Lucrativos conta com uma equipe formada por parceiros especialistas em diversas áreas relacionados ao segmento hospitalar, como hotelaria, faturamento, finanças, qualidade assistencial, enfermagem e médicos. Os profissionais contam com experiência na direção de diversas instituições.

Nos primeiros três meses foram identificadas as necessidades da instituição. Paralelo a isso os especialistas elaboraram o plano de trabalho que está em andamento.

Dois membros da Ingex atuam presencialmente no hospital, o administrador, Ricardo Almeida e o gerente de projetos, Heldo Paz.

Entre as ações colocadas em prática estão organização da hotelaria, processos de compras, departamento financeiro, a melhoria na alocação de recursos financeiros e humanos, criação do café com o colaborador, com o objetivo de maior aproximação com os funcionários, além da implantação da pesquisa do clima organizacional e treinamentos.

Em breve deverá ser implantada no Pronto Atendimento, a classificação de riscos. Fora isso estão em desenvolvimento condutas que atendem ao cronograma da Vigilância Sanitária Municipal.     

“Nossa meta é organizar e profissionalizar a Santa Casa, fazendo uma gestão eficiente com redução de custos e consequentemente do déficit”, menciona o administrador, Ricardo Almeida. Atualmente o déficit mensal é de R$ 200 mil.

Para questão estrutural, a solução é pleitear emendas parlamentares. “A alternativa é captar recursos e organizar a casa. O próprio Ministério da Saúde alertou que aqueles que não tiverem gestão vão quebrar. Portanto, temos que fazer mais com menos”, alerta Ricardo.

BALANÇO

Em média a produção mensal da Santa Casa é de 490 internações, 150 cirurgias, 1.813 Raio X, 170 eletrocardiogramas, 600 ultrassonografias, 230 tomografias e 2.100 consultas ambulatoriais. Os números são referentes aos atendimentos SUS (80%), convênios e particulares.

O hospital conta com 240 colaboradores e 70 médicos no quadro clínico.

 

 

Idoso viúvo não deve ser sinônimo de problema

VER NOTÍCIA

Palestra sobre Transtorno do Espectro Autista celebra um ano do Ambulatório do Bebê

VER NOTÍCIA

Assistência domiciliar ajuda a superar câncer de mama

VER NOTÍCIA