Região

Novembro Azul: CART promove conscientização durante ação Saúde & Cidadania

 

 

Evento será realizado nas bases de atendimento ao usuário de Salto Grande, Assis e Regente Feijó e incluirá testes gratuitos de saúde

 

Bases de Serviço de Atendimento ao Usuário – SAUs do Corredor Raposo Tavares estão incluídas na programação que a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares desenvolve neste mês para marcar o Novembro Azul, período dedicado ao incentivo à saúde do homem e à prevenção do câncer de próstata. Nos dias 16 e 17, quinta e sexta-feira, das 9h às 17h, as atividades se concentram nas bases 04, em Salto Grande, 06, em Assis, e 09, em Regente Feijó.

Usuários da SP-270 – Rodovia Raposo Tavares receberão gratuitamente nestas unidades testes de saúde como aferição de pressão arterial, verificação do índice glicêmico, além de orientações sobre exames preventivos do câncer de próstata. Será distribuído aos participantes material educativo alusivo ao tema.

A ação faz parte do PRA – Programa de Redução de Acidentes, que a concessionária desenvolve em parceria com a ARTESP – Agência de Transportes do Estado de São Paulo e conta com a participação de setores público e privado com o objetivo de conscientizar a população para a redução e prevenção de acidentes e levar informações sobre saúde, bem-estar e cidadania. A edição do Saúde e Cidadania tem a parceria do São Francisco Resgate e SEST SENAT.

“A CART apoiou o ‘Outubro Rosa’ e agora integra o ‘Novembro Azul’, em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia [SBU]. Nossa proposta é incentivar os homens a fazerem o exame de toque, método mais eficiente de prevenção do câncer de próstata. Além das ações nos municípios, a concessionária vai veicular durante todo o mês uma frase de conscientização nos Painéis de Mensagens Variáveis [PMV’s] sobre o cuidado e prevenção deste tipo de câncer”, afirma Athayde Caldas Jr., Gerente de Relações Institucionais da CART.

O texto “Novembro Azul. Juntos contra o câncer de próstata” será divulgado nos PMV’s em todo o trecho administrado pela CART, de Bauru à Presidente Epitácio.

O câncer de próstata é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens, de acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva). Alguns desses tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. Em 2016, segundo o INCA foram registrados 61.200 novos casos no Brasil. Em 2013, o número de mortos pela doença contabilizou 13.772.

A detecção precoce e o início imediato do tratamento aumentam em 90% as chances de cura, de acordo com dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Em 40% dos casos, os tumores são detectados em homens com idade acima de 50 anos. Por isso, a SBU orienta que a prevenção seja iniciada nesta fase. Já homens que têm históricos da doença na família devem começar a avaliação aos 45 anos. O toque retal vai detectar alterações na próstata como endurecimento e possíveis nódulos.

 

 

 

Novembro Azul: confira as Unidades de Saúde que estenderão atendimento

VER NOTÍCIA

CPI da Fosfoetanolamina ouve auditoria de teste do Instituto do Câncer

VER NOTÍCIA

Vida ativa e alimentação balanceada podem evitar o diabetes

VER NOTÍCIA