Revista

Sou mãe! E agora?

 

 

AleNeto Enfermagem lança projeto para auxiliar mãe e recém-nascido nos primeiros meses

A sensação da mãe quando deixa a maternidade e chega em casa com seu bebê nos braços é indescritível. Aquele sonhado momento, enfim, se concretiza. A partir de agora, começa uma fase de amor, cumplicidade, descobertas, dúvidas e… muito trabalho.

Com tanta  coisa nova acontecendo de uma só vez, é natural que as dúvidas cresçam e mexam com a cabeça da nova mamãe. Porém, isso não deve se transformar em angústia ou medo.

Foi pensando neste momento tão importante na vida das mulheres e de toda a família que a AleNeto Enfermagem oferece o atendimento domiciliar para mães e bebês no pós-parto. O objetivo da assistência é auxiliar a mulher em todas as atividades do dia a dia: banho, amamentação, troca, cuidados de higiene, cuidados com a roupinha do bebê, etc. E, claro, cuidar do pequeno ou da pequena para a mamãe ter aquela merecida hora de sono.

Todo este trabalho é feito por uma profissional da área de enfermagem que terá a supervisão de perto das enfermeiras chefes da AleNeto Enfermagem. Inclusive, as enfermeiras que coordenam o projeto passam de duas a três vezes por semana para uma visita e consulta com a mamãe. Ficamos de olho, por exemplo, em sinais de depressão pós-parto, uma doença mais comum do que muitas mães imaginam.

A saúde e o desenvolvimento do bebê também terão um olhar de atenção, com um trabalho realizado junto com o pediatra, inclusive acompanhando mamãe e bebê nas primeiras consultas. Essa assistência pós-parto pode começar nos dias que antecedem o parto, com acompanhamento na maternidade e auxílio na preparação da casa para receber o novo hóspede.

Os números de dias e horas da assistência são escolhidos pela família. A AleNeto se enquadra perfeitamente nas necessidades de cada residência. A opção pode ser desde um plano de 24 horas por dia até um trabalho só para banho, por exemplo. Tenha liberdade de escolher aquilo que você precisa.

O objetivo é que, ao final da assistência, mãe e bebê estejam saudáveis e a mulher pronta e segura para essa jornada.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA