Policial

Policia Civil de Santa Cruz prende foragido de Bauru, tatuagem “entregou” o rapaz

 

 

O delegado Valdir Alves de Oliveira (foto), conduziu a ocorrência

 

O tino policial e a perspicácia do delegado Valdir Alves de Oliveira e do investigador Raul Leite de Carvalho, foram fundamentais para a prisão de um homem fugitivo da cadeia de Bauru desde maio deste ano.

Durante mandado de busca e apreensão de uma mulher no bairro São José, os policiais encontraram um cigarro de maconha em uma estante, o amásio da procurada disse ser para seu consumo.

Os dois foram conduzidos para a Central de Policia Judiciária, a mulher foi presa acusada de ser integrante de uma quadrilha que realizou vários roubos, em Santa Cruz ela passava aos ladrões as casas com potencial para o crime.

Durante a elaboração da ocorrência o homem disse se chamar Matheus, mas não estava com seus documentos, e o nome de sua mãe seria Maria. Os policiais não encontraram arquivos do nome passado, e estranharam o fato de ele ter uma tatuagem com o nome Pedrina.

Então foram realizadas várias pesquisas e graças a tatuagem os policiais descobriram que o nome do rapaz na realidade é Diego Oliveira (31 anos), sua mãe Pedrina, e é foragido da cadeia de Bauru desde o dia 22 de maio deste ano.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão, e o rapaz acabou sendo preso junto com sua amásia.

 

Pensão alimentícia

Nas últimas horas dois homens foram presos pela falta de pagamento da “pensão alimentícia”, e por coincidência os dois são moradores do Parque das Nações. O primeiro tem 35 anos, já o segundo está com 32 anos.

Os dois foram conduzidos para a cadeia de São Pedro do Turvo.

 

 

PMR apreende celulares e aparelhos eletrônicos contrabandeados em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

PMR apreende grande quantidade de maconha e skank em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Bandidos furtam fiação de iluminação da ciclovia no Parque das Nações

VER NOTÍCIA