Política

Integrante da CPI da Codesan é denunciado, “Fonsatti mentiu” rebateu o acusado

 

 

José Antonio Fonsatti (foto), acusou Paulo Pinhata e disse horas extras continuam

 

Durante o seu depoimento na CPI da Codesan, que investigar possíveis irregularidades em horas extras, o ex conselheiro da empresa e advogado José Antonio Fonsatti (Paina) disse que o vereador Paulo Pinhata, membro da CPI, quando foi sub prefeito de Caporanga, no governo Maura, levava pessoalmente na Codesan papéis de horas extras dos funcionários daquela localidade.

Paina também revelou que até hoje o motorista da ambulância de Caporanga ainda recebe horas extras, fato que o também ex conselheiro Marcelo Picinin já havia levantado em seu depoimento.

Ouça a entrevista coletiva do advogado José Antonio Fonsatti:

 

 

Outro lado

 

Após os trabalhos da CPI o vereador Paulo Pinhata atendeu a reportagem do Santa Cruz, e afirmou que Fonsatti mentiu “É mentira, nunca autorizei pagamento de horas extras, e também não levei papel de hora extra na Codesan, estão querendo desviar o foco acusando uma pessoa honesta” declarou Pinhata

Ouça a entrevista de Paulo Pinhata:

 

 

Pinhata disse que Fonsatti mentiu                                                                                                                                                                                                                                                                          

Município inicia campanha para limpeza de terrenos

VER NOTÍCIA

“O Claudio continua” garante Otacílio

VER NOTÍCIA

Relatório da CPI pede a troca do presidente da Codesan

VER NOTÍCIA