Região

Cuidados para dirigir com chuva no verão

 

 

CART orienta sobre práticas que auxiliam os motoristas nas estradas

 

Com a chegada do verão, o tempo fica instável e há maior incidência de chuvas neste período. O motorista que trafega pelas rodovias deve redobrar a atenção sobre os equipamentos de iluminação do veículo e a velocidade, evitando, assim, o risco de colisões. Além disso, os dispositivos de segurança instalados ao longo do Corredor Raposo Tavares também contribuem para um trajeto mais seguro.

A chuva pode reduzir a visibilidade dos motoristas deixando a pista úmida e, consequentemente, mais escorregadia. As altas temperaturas também aumentam as possibilidades de pancadas de chuva ao fim do dia e a noite. Neste caso, os condutores devem redobrar a atenção ao volante e reduzir a velocidade para evitar acidentes.

A CART- Concessionária Auto Raposo Tavares recomenda que antes de pegar estrada o motorista deve checar as condições dos pneus, das lanternas, palhetas do limpador, limpeza e condições do para-brisa e seguir respeitando os limites de velocidade, como alerta o Coordenador de Saúde e Segurança da CART, Nivaldo Bautz: “A chuva na rodovia torna o trajeto mais arriscado para os motoristas, por conta da pista molhada e da visibilidade baixa. Com isso, o tempo de resposta da frenagem é um pouco mais demorado, principalmente, se algum pneu estiver ‘careca’. O motorista também deve considerar seus próprios limites, se a visibilidade for pequena, o melhor a fazer é parar no posto mais próximo, nas bases SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) da CART ou em uma base da Polícia Militar Rodoviária”.

Trafegar por trechos iluminados e com recursos que dissipam os faróis dos veículos faz a diferença para o condutor neste período chuvoso. De Presidente Epitácio a Bauru, a CART instalou mais de 33 mil balizadores refletivos que potencializam a orientação pela faixa de rolamento.

A estrada também está equipada com:

 

  • Tachas delineadoras posicionadas no meio e nas laterais da rodovia para indicar a largura da pista;
  • Placas refletivas para sinalizar trecho em obras, informações educativas e regulamentações;
  • Faixa de sinalização horizontal, que constantemente tem a pintura reforçada;
  • Painéis de Mensagem Variáveis para informar sobre tráfego e condições da via;
  • Iluminação por LED nas 12 bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) que funcionam 24 horas por dia.

 

Seguindo com prudência

Se não puder evitar a estrada em um dia chuvoso, o motorista deve conferir se as luzes de freio e a lanterna estão funcionando corretamente. Para os caminhões vale também uma limpeza nas faixas refletivas. Durante o trajeto é adequado dirigir em velocidade compatível ao limite estabelecido pelas placas, manter distância do veículo da frente e o farol em luz baixa e evitar parar no acostamento.

Durante o período de chuvas, a orientação é ligar o ar-condicionado do veículo antes que o vidro do para-brisa comece a embaçar e prejudique a visibilidade de quem está ao volante. Para os veículos que não têm ar-condicionado, é importante utilizar o ar quente e frio direcionados para os vidros. Isso resolve o problema de forma rápida, mas como não retira a umidade do ar, o vidro volta a embaçar se o sistema de ventilação for desligado. Então, mantenha o sistema ligado. É preciso, ainda, reduzir a velocidade, acender os faróis e prestar atenção nos veículos que estão à sua frente. Além disso, é necessário que o motorista mantenha a calma e redobre a atenção.

Se chover muito durante a viagem, o motorista pode procurar um ponto de apoio próximo à rodovia, como postos de combustível, e aguardar o tempo ruim passar. Se o condutor estiver viajando pelas rodovias administradas pela CART, há a opção de parar em um dos SAUs que funcionam 24h por dia. Nas bases, o motorista encontra banheiros, fraldário, água, Wi-Fi gratuito, e o sistema CART Atende!, caso precise de alguma informação sobre as condições das rodovias.

O veículo precisa estar em condições adequadas antes de pegar a estrada. É necessário que o motorista faça a manutenção ou revisão periódica do automóvel de forma constante. As palhetas são indispensáveis durante uma chuva. Elas precisam funcionar adequadamente. O equipamento é responsável pela retirada da água do para-brisa em período de chuvas e requer uma atenção especial do motorista. Manter o vidro limpo também é importante.

 

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A segurança dos usuários é um compromisso da Concessionária. Em 2016, a CART registrou 16,23% menos acidentes nas rodovias sob sua concessão em relação ao ano anterior e, no mesmo período, queda de 33,3% em vítimas fatais, antecipando os objetivos determinados como meta pela Década Mundial de Redução de Acidentes. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP, ocupando a sexta posição no ranking divulgado pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo que regulamenta e fiscaliza o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

 

 

DEMUTRAN pede atenção aos motoristas em obras no bairro da Estação

VER NOTÍCIA

Ligação da rua Farmacêutico Alziro Souza Santos será liberada nesta segunda-feira (20)

VER NOTÍCIA

Departamento de trânsito divulga ruas proibidas de estacionar durante o Rock Rio Pardo

VER NOTÍCIA