Região

Postos de Saúde de Ourinhos oferecem vacina contra febre amarela de segunda a sexta

 

 

Os Postos de Saúde de Ourinhos, dentro de um cronograma criado pela Secretaria Municipal de Ourinhos, oferecem doses de vacina contra a Febre Amarela de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. Por ser considerado um município de risco desde 2009, Ourinhos recebe lotes da vacina mensalmente do Ministério da Saúde.

         As doses são aplicadas às segundas-feiras nos Postos de Saúde do Parque Minas Gerais e Vila São Luis. Às terças, a vacinação ocorre no Posto da Cohab. Às quartas a Unidade da Vila Odilon e o Postão Central aplicam as doses. Todas as quintas, os Postos da Vila Brasil, Caic e Vila São Luiz oferecem a imunização e, às sextas, nos Postos do Jardim Itamaraty e Vila Margarida.

         Em 2017 não houve casos de Febre Amarela, mas devido a uma ocorrência em um município vizinho, foi realizado um trabalho de intensificação de vacina na cidade. A diretora de vigilância da Secretaria da Saúde, Célia Exposto, explica que devido ao calendário de vacinação durante todo o ano, Ourinhos não participa da campanha nacional.

         “Nós somos considerados área de risco desde 2009 e por isso temos nosso calendário de vacinação. As pessoas que precisarem tomar a vacina, podem se dirigir em algum dos Postos de Saúde no dia correto para tomar a dose da vacina. É preciso esclarecer que por Ourinhos ser considerado área de risco, as vacinas já são oferecidas de segunda a sexta, não tendo a necessidade de uma campanha específica como divulgado pelas grandes mídias”, esclarece.

         Ela lembra que a vacina contra Febre Amarela requer apenas uma dose única. “É necessário apenas uma dose única, criança a partir de 9 meses ou adulto. Não é recomendado para gestantes e idosos. Vale consultar o médico para saber se é preciso tomar ou não”, ressalta.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA