Região

Postos de Saúde de Ourinhos oferecem vacina contra febre amarela de segunda a sexta

 

 

Os Postos de Saúde de Ourinhos, dentro de um cronograma criado pela Secretaria Municipal de Ourinhos, oferecem doses de vacina contra a Febre Amarela de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. Por ser considerado um município de risco desde 2009, Ourinhos recebe lotes da vacina mensalmente do Ministério da Saúde.

         As doses são aplicadas às segundas-feiras nos Postos de Saúde do Parque Minas Gerais e Vila São Luis. Às terças, a vacinação ocorre no Posto da Cohab. Às quartas a Unidade da Vila Odilon e o Postão Central aplicam as doses. Todas as quintas, os Postos da Vila Brasil, Caic e Vila São Luiz oferecem a imunização e, às sextas, nos Postos do Jardim Itamaraty e Vila Margarida.

         Em 2017 não houve casos de Febre Amarela, mas devido a uma ocorrência em um município vizinho, foi realizado um trabalho de intensificação de vacina na cidade. A diretora de vigilância da Secretaria da Saúde, Célia Exposto, explica que devido ao calendário de vacinação durante todo o ano, Ourinhos não participa da campanha nacional.

         “Nós somos considerados área de risco desde 2009 e por isso temos nosso calendário de vacinação. As pessoas que precisarem tomar a vacina, podem se dirigir em algum dos Postos de Saúde no dia correto para tomar a dose da vacina. É preciso esclarecer que por Ourinhos ser considerado área de risco, as vacinas já são oferecidas de segunda a sexta, não tendo a necessidade de uma campanha específica como divulgado pelas grandes mídias”, esclarece.

         Ela lembra que a vacina contra Febre Amarela requer apenas uma dose única. “É necessário apenas uma dose única, criança a partir de 9 meses ou adulto. Não é recomendado para gestantes e idosos. Vale consultar o médico para saber se é preciso tomar ou não”, ressalta.

 

 

Santa Cruz recebe as primeiras doses da Coronavac

VER NOTÍCIA

Santa Cruz recebe etapa da “Gincana do Caminhoneiro”

VER NOTÍCIA

Santa Cruz registra 15ª morte por Covid-19 e 10 pessoas estão na UTI

VER NOTÍCIA