Região

A Comissão do Iamspe de Ourinhos e Entidades Unificadas participam de reunião com Dr Roberto Baviera

 

 

A Comissão Municipal do IAMSPE de  Ourinhos presidida por Roberto Cesário Bachiega, unificadas a entidades  da cidade, APEOESP,AFUSE e  Policia Civil  foram representadas por Enizal Vieira que também exerce a Presidência da AFOEL(ASSOCIAÇÃO FORENSE E LAZER) e  pela  AOJESP –ASSOCIAÇAO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO) pelo  diretor Mauro Rodrigues Pinto. Participaram  na manhã desta quarta-feira(07\02) da reunião no Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – Iamspe com o chefe de gabinete da superintendência, Dr Roberto Baviera. Contou com a participação do prefeito da comarca de Osvaldo Cruz e 02 secretários, do ex-deputado estadual Mauro Bragato, de representante de Presidente Prudente, da CCM através do Sr Guilherme  Nascimento ,  do Presidente do P.S.D.B Sr Adriano Roberto Aparecido Lopes e do  Laboratório Monzillo pelo Advogado Luis Fernando Menagalli.

Foram apresentados pedidos por parte dos representantes das comarcas presentes, com a mediação de Mauro Bragato, bem como protocolados os respectivos pedidos de credenciamento pessoalmente pelo representante do laboratório Monzillo de médicos e Clínicas   . Foram relatadas, também, pelos representantes as peculiaridades de suas regiões e as dificuldades enfrentadas pelos servidores na saúde.

Enizal Vieira, representando Ourinhos, em sua fala, agradeceu primeiramente a atenção dos Gestores  a região e do servir a Saúde pela Superintendência do Iamspe. Comunicou  a necessidade de se aumentar os valores no teto destinados à Santa Casa local, a excelência do Hospital de Oncologia de Ourinhos e ICO  ,   renovação  do contrato com  o laboratório Monzillo e credenciamento de  Clinica de exames de imagens para diagnósticos . Novamente  &nbs p;solicitou a tramitação do processo e cessão de uso   das extintas salas de perícias médicas na  Escola Horácio Soares. Informou ao Chefe Gabinete : “ a Cessão de Uso foram   autorizadas pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e  tem o apoio da Prefeitura Municipal  pelo DD.Prefeito  SR Lucas Pocay e Nobres Vereadores”.

                       CREDENCIAMENTOS DE MÉDICOS NO INTERIOR DO ESTADO.

Por parte do chefe de gabinete, Dr Roberto Baviera , foram os questionamentos respondidos e que encaminharia as respectivas demandas e procuraria resolvê-las o mais breve possível . Disse :” sempre há a questão de orçamento, mas esclarece que o pagamento é bem maior que a tabela do SUS”. E para ilustrar, hoje em uma consulta é pago R$53,00 ao médico   credenciado no  Iamspe que atende em consultório. Informou que o Iamspe está contatando médicos interessados em prestarem serviços em consultórios  interessados em participarem da Assistência na rede do interior paulista .

Por parte da Aojesp, nosso diretor e conselheiro fiscal Mauro Rodrigues Pinto dirigiu a pergunta sobre o foco de gestão e financeira: Dr Roberto Baviera, pedidos de verbas sempre estarão sendo apresentados, hoje temos comarcas com excelente  prestação de serviços em saúde ao IAMSPE , por exemplo em Ourinhos na área de Oncologia ICO-HOSPITAL CARDIOLÓGICO , Ribeirão  Preto na Cardiologia, como o Iamspe administrada essas necessidades face a procura desses centros de especializações pelos servidores públicos e a falta de verba?

                      O servidor público inscrito no Iamspe poderá ser atendido no Estado todo.
 

Foi respondido pelo Dr Roberto Baviera, chefe de gabinete do IAMSPE:”   procuramos equacionar da melhor forma possível esses problemas e que sempre chega ao Instituto a informação que tal comarca está atendendo servidores de todo o estado. É claro que possuindo a carteirinha de inscrição, o servidor poderá ser atendido em qualquer ponto do estado de São Paulo  se precisar  de auxílios  médicos na saúde, onde o Iamspe tem representante credenciado”.

Para a Comissão do Iamspe e Diretor da AOJESP:” precisamos nos unir em torno da defesa do IAMSPE e dos bons serviços de saúde pública, que nada mais é do que um direito dos servidores, bem como ter mais poder de fiscalização sobre as verbas, uma ampliação e descentralização do atendimento no estado e que atenda sempre as nossas necessidades”, afirma Mauro.

 

 

Método contraceptivo: saiba mais sobre o implante subdérmico

VER NOTÍCIA

Curativo em domicílio traz bem-estar e qualidade de vida

VER NOTÍCIA

Assistência domiciliar a doentes e idosos vai além dos cuidados com a rotina

VER NOTÍCIA