Política

“Vereador se morrer um hoje, entra outro amanhã e não muda nada” diz Otacílio

 

 

Se o clima entre a câmara de vereadores e o prefeito de Santa Cruz já não era dos melhores, a tendência que é a relação fique ainda mais conturbada após a entrevista do prefeito Otacílio Parras Assis para a radio Difusora nesta terça-feira (17).

Para defender Claudio Gimenez, que pediu demissão da presidência da Codesan, o prefeito atacou alguns vereadores, chamou alguns deles de mentirosos, e disse a frase “Vereador se morrer um hoje, entra outro amanhã e não muda nada”, onde ele explicava a dificuldade de se trocar a presidência de uma empresa, ou até mesmo um prefeito.

Porém, a frase não foi bem digerida no legislativo santa-cruzense, e para maior parte dos vereadores Otacílio foi irônico e quis menosprezar vereadores.

E ainda durante a entrevista o prefeito disse não vai se abalar com pressão de vereadores ou imprensa “Se 20 mil pessoas forem até a prefeitura e pedirem minha saída eu saio, agora podem ficar todos os vereadores contra, não saio, pode ficar toda imprensa contra, não saio, não vão me destruir e não irão me impedir de fazer meu nome nesta cidade, não irão impedir meu projeto de fazer uma cidade melhor, uma administração sem politicagem” falou Otacílio.

Questionado de como ficaria sua relação com o legislativo, respondeu “Vou conversar e atender vários vereadores, menos os mentirosos” disse.

Otacílio voltou a criticar o relatório da CPI “Engraçado que só querem atacar o Claudio, que na verdade resolveu o problema, porque ninguém fala dos ex presidentes que implantaram horas extras irregulares, porque ninguém fala dos ex prefeitos que autorizavam os pagamentos irregulares, porque atacar nossa administração que repito resolveu o problema, teve vereador que em uma semana foi cinco vezes em rádio para atacar o Claudio”.

Ao final o prefeito garantiu que não irá apoiar nenhum vereador em 2020 para concorrer a prefeitura.

Fica a expectativa de como será o relacionamento entre prefeito e vereadores a partir de agora, e a primeira mostra já pode ser nesta quarta-feira (28), quando Otacílio irá até o prédio do legislativo para discutir com os edis o projeto de transformação da Codesan em autarquia.

 

 

Outdoor de Bolsonaro “derruba” secretário da prefeitura de Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Durante entrega de casas, Otacílio deixa no ar nome de seu “sucessor”

VER NOTÍCIA

Câmara deve abrir CPI para investigar “Funcionário Fantasma”

VER NOTÍCIA