Saúde

Quer tranquilidade? Veja dez motivos para optar por uma assistência domiciliar profissional

 

 

Ter um serviço de mais qualidade e evitar dor de cabeça com gerenciamento da equipe estão na lista

As famílias que têm uma pessoa doente em casa, idosa ou não, geralmente ficam em dúvida na hora de decidir sobre quem vai cuidar do paciente: a própria família, cuidadores autônomos amadores ou uma empresa de assistência domiciliar (conhecida também como home care).

Na maioria das casas, os familiares não podem assumir tal responsabilidade por conta de seus empregos e compromissos particulares. A decisão fica mesmo entre os cuidadores amadores (mais baratos) e a empresa especializada (um pouco mais cara).

Apesar de gastar um pouco mais com o profissionalismo, as famílias, com pouco tempo de assistência, percebem que esse dinheiro a mais não é gasto, e sim investimento em tranquilidade de qualidade de assistência para o paciente.

Abaixo uma lista de dez motivos para optar por uma assistência empresarial

– Cuidadores (profissionais da área da enfermagem) treinados e personalizados de acordo com às necessidades do paciente e da família

– Supervisão e coordenação intensa da equipe, com algo que nenhum outro home care do estado faz: presença durante todo o plantão de uma enfermeira da chefia ao  lado da auxiliar ou técnica de enfermagem, geralmente a cada 10 dias

– Gerenciamento da equipe por parte da empresa. Ou seja, a família não tem dor de cabeça com faltas, cuidadores doentes, férias ou qualquer situação que possa deixar o paciente sem cuidados ou em situação de risco

– Orientação e comunicação permanente com os familiares

– Planos personalizados, inclusive de procedimento, como banhos, curativos, etc

– Equipe multidisciplinar, como fisioterapeuta, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional e psicologia domiciliar

– Empresa com CNPJ e habilitação no COREN (Conselho Regional de Enfermagem)

– Relatório diário aos familiares e acompanhamento com os médicos dos pacientes, se assim estes desejarem

– Maior barreira contra erros

– Cobertura de todos os procedimentos de enfermagem

A enfermeira Nayara Moreno, gerente da AleNeto Enfermagem, alerta as famílias que optam por cuidadores particulares e autônomos. “Procurem cuidadores que tenham, pelo menos, um curso de cuidador de idoso. Curso de alguma instituição reconhecida. O trabalho precisa de uma mínima especialização para ser bem feito e criar barreira para erros”, afirma.

A AleNeto Enfermagem, que atua em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, tem uma equipe experiente nos cuidados com pessoas com doenças neurológicas. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631 e no telefone de plantão 24 horas (14) 99747-0154 ou faça uma visita no consultório que fica na Avenida Batista Botelho, 418, sala 4.

 

 

 

 

Covid-19: Dr. Jonas é internado e estado do Dr. André é grave

VER NOTÍCIA

AME Ourinhos destaca programas de prevenção de saúde da mulher e do homem

VER NOTÍCIA

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA