Policial

Caminhoneiros de Santa Cruz prometem parar rodovias da região nesta quarta-feira

 

 

Líderes do movimento em Santa Cruz se reuniram com policiais e resolveram iniciar protesto amanhã

 

A greve dos caminhoneiros que começou nesta segunda-feira (21) no Brasil,  e já atinge 19 estados, nesta quarta-feira (23) ganha o apoio dos profissionais de Santa Cruz do Rio Pardo, que prometem parar inicialmente a SP 225, rodovia Ipaussu-Bauru.

No final da tarde de hoje (22) teve inicio um pequeno movimento na altura do trevo próximo ao Distrito Industrial. Alguns caminhoneiros com apoio de agricultores, colocaram algumas máquinas na pista, e pararam caminhões por alguns minutos.

A Policia Rodoviária e Policia Militar de Santa Cruz estiveram no local, e os manifestantes foram orientados a não continuar a ação no período da noite.

“Nós entendemos e até apoiamos a manifestação dos senhores, mas a segurança de todos está acima de tudo, e temos orientações para que a rodovia não seja fechada após as 18 horas, lá em Ourinhos aconteceu protesto o dia todo, e as rodovias foram liberadas agora pouco, espero a compreensão dos senhores aqui também” disse um Policial Rodoviário aos caminhoneiros e agricultores.

“Não queremos fazer bagunça, só queremos mostrar o que estão fazendo com a gente, o governo tem de entender que está acabando com a nossa classe, e nós precisamos mostrar para eles que o país não anda sem a gente” disse um dos lideres do movimento que não quis se identificar.

Um outro mais exaltado não concordou com a orientação do policial “Eu não concordo liberar as seis horas, um caminhão bom em 4 horas chega em São Paulo, então vai atrapalhar muito pouco, temos de parar tudo de uma vez” falou.

Após uma conversa entre os manifestantes e os policiais aconteceu o acordo, eles concordaram e não parar os caminhões hoje, e ficou acertado que amanhã o protesto terá inicio a partir das sete horas nas proximidades do Posto Paloma.

“Não vai passar nenhum caminhão, já conversamos no Paloma e vamos desviar todos os caminhões para o pátio, e quando encher vamos para o acostamento, só vai poder passar carros pequenos, espero que outros caminhoneiros comprem nossa briga” comentou um dos líderes do movimento, que também pediu para não ser identificado.

Durante a conversa os caminhoneiros ouviram de um dos policiais, que a Policia Militar Rodoviária irá acompanhar tudo de perto, e ajudar na orientação do trânsito, e que nas condições acertadas não haverá nenhum tipo de ação contrária ao manifesto, como multa por exemplo.

Inclusive receberam a informação de que se o protesto ocorrer tudo conforme combinado, e no Paloma, não precisará ser interrompido as 18:00.

Os líderes do manifesto aproveitaram a presença da reportagem do Santa Cruz News e pediram apoio dos caminhoneiros e agricultores de Santa Cruz no manifesto que começa amanhã “Quem não está contente com essa situação, e ninguém está, é só se juntar a gente amanhã no Paloma” concluiu um caminhoneiro.

 

Por alguns minutos caminhões ficaram parados no trevo de Santa Cruz                                                                                                                                                                                                           

 

 

 

 

Polícia prende o segundo autor de roubo a aposentada

VER NOTÍCIA

Bandido é preso após roubar e ameaçar matar aposentada no centro de Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Policia prende casal acusado de tentar matar rapaz na Vila Madre Carmem

VER NOTÍCIA