Região

Sindicato Rural de Ourinhos adere à paralisação dos caminhoneiros

 

 

Associados disponibilizam máquinas agrícolas para bloqueio de vias e distribuem marmitas para caminhoneiros parados

Na manhã de quinta-feira (24), diretores do Sindicato Rural de Ourinhos (SRO) demonstraram presença e apoio ao manifesto da crise do combustível nos pontos de concentração instalados na região de Ourinhos.

Associados e produtores rurais tomaram a iniciativa de aderir à paralisação dos caminhoneiros em protesto ao aumento do preço do combustível, com a disponibilização de máquinas agrícolas para auxiliar no bloqueio de rodovias nos trevos de Ourinhos, Ribeirão do Sul, Salto Grande, São Pedro do Turvo e Santa Cruz do Rio Pardo.

Ainda na ação, como ato de solidariedade, diretores e funcionários dirigentes do Sindicato levaram café e marmita para os caminhoneiros manifestantes nas rodovias.

A mobilização nacional dos transportadores, que começou no dia 20 de maio, é uma resposta à nova política de preços da Petrobrás, com base na oscilação do dólar e do preço do barril de petróleo.

Em todo o Brasil, a greve tem contado com o apoio da sociedade e segmentos. Segundo o SRO, é preciso entender que a manifestação representa, além do preço do combustível, demonstra a indignação do cidadão brasileiro com a política de impostos e corrupção.

 “Não é justo que o cidadão de bem tenha que arcar com prejuízos da má administração e corrupção na Petrobrás. Apoiamos a ação dos caminhoneiros e da sociedade. É preciso agir juntos para vencermos”, afirma Eduardo Luiz Bicudo Ferraro, presidente do Sindicato Rural de Ourinhos e vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (FAESP).

José Francisco Jorge, diretor do SRO, destaca a relação direta da produção agrícola com a alta excessiva do valor do combustível. “É inviável a produção de alimentos pelos produtores rurais com o preço abusivo”, comenta.

“A mudança só será alcançada com a união de todos”, concorda Massamiti Nagae, também diretor do Sindicato, sobre a importância do apoio do órgão à greve.

 

 

IPTU: Vereador quer isentar professores da rede municipal

VER NOTÍCIA

Empresa santa-cruzense faz sucesso em Ourinhos

VER NOTÍCIA

Agente de Trânsito leva multa de trânsito em Santa Cruz, prefeitura abre sindicância

VER NOTÍCIA