Política

Caminhoneiros já deixam Santa Cruz, na cidade manifestação no comércio e dois postos já realizam abastecimento

 

 

Manifestantes percorreram ruas do centro de Santa Cruz

 

No começo da manhã desta quarta-feira (30) a manifestação dos caminhoneiros começou a perder força em Santa Cruz do Rio Pardo. No maior foco de paralisação no município, Posto Paloma, a maior parte dos motoristas já deixou o local com seus caminhões.

A policia esteve no Paloma, inclusive Tropa de Choque, e negociou com os líderes do movimento, e alertou quem quisesse ir embora era para ser liberado, pois caso contrário poderia ser considerado cárcere privado.

Aos poucos cada profissional se dirigiu ao seu caminhão, e quem quis ir embora, saiu sem problemas. Na realidade o cansaço, saudade de casa, e a maior parte das reivindicações atendidas pelo governo, falou mais alto.

Manifestação no comércio 

Já na cidade uma passeata pelas principais ruas do comércio movimentou a manhã. Os manifestantes saíram do Posto Brasília ao som do hino nacional, e quando passavam em frente a estabelecimentos comercias gritavam “fecha, fecha”. Eram atendidos, porém quando deixam o local, a maior parte voltavam a funcionar normalmente.

Abastecimento

Aos menos dois postos de combustíveis, Posto Brasília e Beira Rio, já estão funcionando em Santa Cruz. “Estamos distribuindo senhas inicialmente, se ocorrer tudo normalmente e sem confusões será possível atender todo mundo” disse Bruno Campidelli, proprietário do Posto Brasília.

 

 

Procurador Geral recebe relatório da CPI da “Pilula do Câncer”

VER NOTÍCIA

Diário Oficial publica empresas que irão recuperar Raposo Tavares

VER NOTÍCIA

Sindicato Rural de Ourinhos adere à paralisação dos caminhoneiros

VER NOTÍCIA