Entretenimento

Concerto da Orquestra de Câmara- Curto Circuito Musical lota Palácio da Cultura

 

 

Na noite do último sábado (23 de junho), a Orquestra de Câmara Santa Cruz deu início aos concertos do Curto Circuito Musical. A estreia não poderia ser melhor, com o Palácio da Cultura lotado e um clima de muita emoção e surpresas reservadas ao público.

O projeto de concertos do Curto Circuito Musical leva o codinome de “Cinema In Concert”. Este é o nome dos concertos, que deverão ocorrer em diversas cidades da região, levando cenas de filmes sincronizadas com as  respectivas trilhas sonoras a serem executadas pela orquestra dos jovens. A próxima cidade será Assis, em 7 de julho, no Cinema Piracaia, às 20 horas.

Entre as canções executadas estão: ‘Abertura dos Desenhos Walt Disney’, ‘Frozen- Let It Go’, ‘Rei Leão Can You Feel The Love Tonight’, ‘ A Bela e a Fera- Sentimentos’, ‘Rio Fly Love e Garota de Ipanema’, ‘Star Wars- The Imperial March e o Tema Principal’, ‘X-men- Sweet Dreams’, ‘Harry Potter- Tema principal’, Piratas do Caribe- ‘He’s a Pirate’, The Jaws- ‘Tema Principal’, ‘O Exorcista- The Exorcist Theme’, ‘Jurassic Park- Tema principal’, ‘Indiana Jones- Tema Principal’ e ‘Mudança de Hábito – Oh Happy Day’.

Em todas as canções, o público interagiu e se divertiu com sincronização entre música e cinema, que fazia com o que o público se sentisse dentro da ‘telona’. Entre os destaques, a trilha de ‘Star Wars’, em que os músicos tocaram os instrumentos de cordas com arcos iluminados. Para finalizar ‘Mudança de Hábito – Oh Happy Day’, com a execução da Orquestra e interpretação da monitora e cantora, Beatriz Bernardez.

A preparação da Orquestra para o concerto, com 21 integrantes, aconteceu ao longo de três meses sob o comando do violinista e Professor de Violino e Viola Clássica,  Paulo Camilotti Tavares. “No momento em que o país passa, o que precisamos é do que podemos presenciar aqui hoje, um concerto repleto de amor e dedicação de todos”, mencionou.

Além dos membros da Orquestra de Câmara (violino, viola clássica, violoncelo e contrabaixo), também participaram os músicos de base, contando ainda com instrumentos como piano e percussão.

O responsável técnico e artístico da Orquestra, José Magalli Junqueira agradeceu a todos que colaboraram para a realização do concerto. “Agradecemos ao secretário da Cultura, Frednes Botelho por todo o empenho no evento de hoje, e também ao coordenador do Projeto, Fabiano Moreira que veio da capital para prestigiar o concerto”.

O evento contou com a interprete de libras, Vanessa Palermo. A deficiente auditiva, Maria Carlota Oliveira de Almeida Lopes Batista, esteve presente e falou da emoção em poder acompanhar a apresentação. “Gostei muito, quem sabe assim, outras pessoas se sensibilizem na realização de apresentações que contem com a interpretação. Em Assis, também quero estar presente”, disse.

 

Integrantes relatam superação com o projeto

Isabela Vitoria Augusto da Costa, 16 anos, entrou na Orquestra de Câmara Santa Cruz, há nove meses. E desde que foi selecionada para o Curto Circuito Musical, passou a se dedicar ainda mais aos ensaios. “É uma experiência única, além disso, consegui provar para muitos que sou capaz”, conta.

Já Bruno Lourenço começou nas aulas junto com a criação do projeto e conta sobre sua evolução. “Hoje sou Spalla, e me dedico cada vez mais para me superar. Além disso, presencio vários amigos que infelizmente seguiram caminhos errados e eu como estou empenhado com a música tive outra oportunidade”, revela.

Cauã Funchal também foi um dos primeiros a iniciar no projeto e pretende seguir carreira. “Além dos instrumentos, a Orquestra me abriu as portas para notar o meu talento para composição”, diz.

Pais revelam a transformação da música na vida dos filhos

Após o concerto, foi aberto espaço ao público para um bate papo com os músicos e coordenação do projeto.

Fernanda Lima, mãe da aluna Mariana, revelou que a música curou a filha de uma depressão.

“Era revoltada, hoje é uma garota empolgada e talentosa, me orgulho muito dela. Obrigada a todos os envolvidos neste projeto”.

A mãe da aluna Lohana, Fabiana Ribeiro também comentou sobre a melhora no comportamento da filha. “Estou muito agradecida por vocês terem dado esta oportunidade a ela e as outras crianças e adolescentes dos bairros carentes da cidade”.

 

 

Show de Renato Teixeira terá parte da renda doada para Santa Casa

VER NOTÍCIA

III Encontro de Flautistas de Santa Cruz do Rio Pardo

VER NOTÍCIA

Santa Cruz do Rio Pardo recebe maestro João Carlos Martins e Orquestra de Cordas Bachiana Filarmônica

VER NOTÍCIA