Saúde

Idoso que precisa de cuidador tem direito a 25% de adicional na aposentadoria

 

 

Entenda como o aposentado pode correr atrás deste direito

 

Boa parte dos aposentados precisa de um cuidador ou enfermeiro em casa, seja para auxiliar em tarefas básicas, seja para cuidados e procedimentos mais complexos. Essas despesas,  claro, consomem parte do benefício que recebem.

Mas na semana passada esses idosos receberam uma ótima notícia. O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que todos os aposentados tem direito a adicional de 25% em seus benefícios, desde que comprovada a necessidade da assistência.

Essa comprovação ocorre através de um laudo médico ou de enfermagem e também com notas fiscais e comprovantes de assistência fornecidos por um home care, por exemplo. É importante que essas comprovações sejam feitas por empresas especializadas e constituídas no ramo e os laudos comprovados por um responsável técnico. Um cuidador autônomo dificilmente servirá como prova.

O adicional de 25% não é conferido de maneira automática. O idoso precisa procurar a Justiça para fazer valer esse direito.  A decisão ainda gera algumas dúvidas como, por exemplo, se há a necessidade de passar por uma nova perícia do INSS para garantir o adicional por invalidez. Todas essas dúvidas devem ser tiradas com o auxílio de um advogado.

“É uma grande notícia para os aposentados que precisam de assistência domiciliar. É claro que não é garantia que todos conseguirão, mas há uma boa possibilidade se o processo na Justiça for acompanhado por um advogado e uma empresa especializada com CNPJ constituído”, diz Alexandre Moreno, Diretor da AleNeto Enfermagem.

A AleNeto Enfermagem, que atua em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, São Paulo e Santos, oferece plantões completos de enfermagem e cuidador de idosos. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631, (14) 99747-0154, (11) 94182-7647 ou (13) 99675-0026.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA