Saúde

Assistência domiciliar ajuda a superar câncer de mama

 

 

O Outubro Rosa, campanha já tradicional sobre prevenção ao câncer de mama e também de colo de útero no Brasil, serve para lembrar a todas as mulheres sobre a importância do autoexame e um diagnóstico precoce da doença, o que aumenta significativamente suas chances de cura.

A enfermagem sabe muito bem o que é para uma mulher enfrentar essa doença, principalmente quando muitas precisam retirar a mama (totalmente ou parcialmente). Além das questões físicas e clínicas que implicam nesta questão, há também um fator psicológico importante: a perda da auto- estima da mulher.

“O seio tem uma representação incrível na afirmação feminina. Perdê-lo é muito difícil. A mulher precisa de apoio e um trabalho especial voltado para a compreensão do fato e a superação do mesmo. Uma assistência domiciliar neste momento ajuda a virar este jogo e a mulher a se olhar no espelho e, ainda sim, se sentir bela e feminina”, afirma Nayara Moreno, gerente de enfermagem da AleNeto Enfermagem.

Além de todo o apoio psicológico e as orientações para esse período, a enfermagem tem outros papéis fundamentais. Cabe enfatizar a necessidade de realização de exames mensais em busca de alterações importantes no pós-operatório. É essencial um olhar clínico diante destas alterações e reforça a necessidade de realização de atividades diárias relacionadas ao lazer, a fim de estimular a recuperação da mulher operada.

Outro aspecto importante e que merece atenção especial da equipe de enfermagem é a chamada “dor fantasma” (sentir dor no mamilo que foi retirado). Trata-se de uma queixa que exige acompanhamento e uma orientação especializada. As preocupações mais frequentes sinalizadas pelas mulheres nessa etapa do procedimento cirúrgico são relativas ao período pós-operatório imediato. A presença da incisão, curativo e drenos denunciam as principais preocupações dos pacientes, são anseios que devem ser observados e esclarecidos pela equipe de enfermagem.

A AleNeto Enfermagem, que atua em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, São Paulo e Santos, oferece assistência domiciliar completa. O home care tem plantões completos de enfermagem e cuidador de idosos. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631, (14) 99747-0154, (11) 94182-7647 ou (13) 99675-0026. Saiba mais em www.alenetoenfermagem.com.

Pressionar o idoso não é solução para fazê-lo mudar de hábitos

VER NOTÍCIA

AMEs Assis e Ourinhos promovem campanha para diminuir faltas dos pacientes

VER NOTÍCIA

437 casos de dengue confirmados em Santa Cruz, município realiza novo mutirão de limpeza

VER NOTÍCIA