Saúde

Home care dá tempo para mãe e bebê se conhecerem

 

 

A mãe que contrata um serviço de assistência domiciliar tem uma grande vantagem na relação com seu bebê: ela ganha tempo aproveitar e curtir esse momento tão especial, importante e também difícil de muitas descobertas.

A rotina de mamadas, sono desregulado, banhos, cólicas tomam muito tempo e energia da mãe que, neste momento de turbilhão de sentimentos e tarefas, sente-se muito cansada e, muitas vezes, não consegue nem prestar atenção na evolução do bebê e nos detalhes que facilitariam a relação entre os dois e o conhecimento sobre o pequeno.

“A assistência domiciliar assume as tarefas rotineiras, como, por exemplo, dar o banho, trocar fraldas, fazer dormir, e dá tempo para a mãe descansar e poder curtir e conhecer seu bebê com calma e prazer. Além disso, principalmente para aquelas que são mães de primeira viagem, a equipe de assistência domiciliar orienta, ensina e passa informações importantes sobre o bebê e a rotina dele”, avalia Nayara Moreno, chefe de enfermagem da AleNeto Enfermagem.

Muitas mães se preocupam e pensam que, ao contratar um home care, perderão espaço nos cuidados com o bebê. “Isso é um engano. A mãe é a protagonista destes cuidados. O papel do home careé é propiciar condições para que ela também cuide de sua saúde, alimentação, sono e esteja bem para coordenar os cuidados e participar dos momentos mais importantes”, diz Alexandre Moreno, diretor da AleNeto Enfermagem.

A AleNeto Enfermagem, que atua em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, São Paulo e Santos, oferece assistência domiciliar completa para mães e recém-nascidos. O home care  tem plantões completos de enfermagem e cuidador de idosos. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631, (14) 99747-0154, (11) 94182-7647 ou (13) 99675-0026. Saiba mais em www.alenetoenfermagem.com

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA