Revista

Saiba onde furar a orelhinha dos bebês

 

 

AleNeto Enfermagem passa a oferecer esse serviço de acordo com as novas regras da Anvisa

 

As mamães de Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e toda a região não precisam mais se preocupar em saber qual o melhor lugar para furar a orelhinha de uma recém-nascida.

A empresa de assistência domiciliar AleNeto Enfermagem já oferece esse procedimento como uma das novidades para o início de 2019. O trabalho coordenado pela enfermeira Nayara Moreno cumpre todas as novas normas de higiene e segurança da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que determinam o uso de aparelhos específicos e descartáveis. Aquelas antigas pistolas utilizadas em farmácias não são mais indicadas para o furo de orelhas de bebês.

“Nossa técnica é humanizada, sem dor. Escolhemos o ponto certo da orelha para que o furo seja muito tranquilo. Trabalhamos o antes e o depois do procedimento para que mamães e bebês se sintam confortáveis com esse momento. É um momento de emoção, e não de trauma. Também, claro, nosso procedimento evita qualquer tipo de infecção”, explica a Responsável Técnica da AleNeto Enfermagem, Nayara Moreno.

O procedimento pode ser feito em domicílio, com maior conforto. Ao final, a bebê ganha o “Certificado de Princesa”. “Nossa intenção é transformar esse momento importante para mãe e filha em algo lúdico e especial”, explica Nayara.

A AleNeto Enfermagem, que atua em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, São Paulo e Santos, oferece todos os procedimentos de enfermagem em domicílio e tem plantões completos de enfermagem e cuidador de idosos, e também assistência exclusiva para mamães e recém-nascidos e um pacote exclusivo para banhos. Além de consultas de enfermagem no consultório ou no domicílio. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631, (14) 99747-0154, (11) 94182-7647 ou (13) 99675-0026. Visite também o site em www.alenetoenfermagem.com e as páginas no Facebook (@AleNetoEnfermagem) e no Instagram (@aleneto_enfermagem).

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA