Saúde

Feridas crônicas causam dor no corpo e na alma

 

 

Uma lesão grande na perna, que pega pé, tornozelo, canela e panturrilha, é motivo de muitas preocupações, complicações e dores. No corpo e na alma.

Muitas pessoas decidem desistir do tratamento porque se cansam de tentar, há anos, “fechar” tal ferida e não terem resultados satisfatórios. Porém, acreditar que não tem solução é um erro na maioria das vezes.

“A cura de uma lesão ou ferida crônica depende de uma série de fatores, entre eles, os principais, a condição clínica do paciente, a presença ou não de doenças crônicas, e a conduta usada, tanto em termos de conceito quanto em relação aos materiais dos curativos”, fala a enfermeira Nayara Moreno, Responsável Técnica da AleNeto Enfermagem e ex-chefe do Grupo de Pele (especializado em feridas complexas) do Hospital Santa Isabel, em São Paulo.

O não tratamento de feridas pode agravar a condição clínica de um paciente e piorar bastante sua saúde, ocasionando, inclusive, outros graves problemas de saúde. Além disso, há uma questão social bastante importante.

Uma lesão grande e complexa na perna, por exemplo, impede que a pessoa use bermuda, shorts ou saias, pois esteticamente aquela ferida causa repulsa e traz um enorme constrangimento para o paciente. Isso pode forçar a pessoa a ficar cada vez mais reclusa, desenvolver um sentimento de rejeição e causar doenças psicológicas e psiquiátricas. A vergonha por tal condição é responsável por uma imensa tristeza.

Atualmente, a área da enfermagem é legalmente apta para adotar condutas sobre tratamentos de lesões e feridas complexas, com resultados satisfatórios, devolvendo a saúde e a autoestima de quem passa por esse processo.

A AleNeto Enfermagem, que atende em Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos e região, tem uma equipe especialista em lesões e feridas complexas. O home care oferece todos os procedimentos de enfermagem em domicílio e plantões completos de enfermagem e cuidador de idosos, e também assistência exclusiva para mamães e recém-nascidos e um pacote exclusivo para banhos. Além de consultas de enfermagem no consultório ou no domicílio. Para saber mais sobre o assunto e conhecer de perto o trabalho da empresa, ligue (14) 3372-0631 e (14) 99747-0154. Visite também o site em www.alenetoenfermagem.com e as páginas no Facebook (@AleNetoEnfermagem) e no Instagram (@aleneto_enfermagem).

 

 

AME Ourinhos destaca programas de prevenção de saúde da mulher e do homem

VER NOTÍCIA

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA