Política

Convênio do Iamspe com Santa Casa de Santa Cruz será renovado

 

 

Uma união de forças entre o prefeito Otacílio Parras Assis, deputado Ricardo Madalena, dos vereadores Lourival Heitor e Cristiano Miranda, do secretário municipal de Saúde, Diego Singolani e do empresário Elmo Susuki, diretor da Santa Casa conseguiu encerrar uma novela que já se arrastava por algum tempo em Santa Cruz do Rio Pardo, a renovação do convênio entre Iamspe e Santa Casa.

Na semana passada todos estiverem em São Paulo, e se reuniram com Dr. Wilson Pollara, superintendente do Iamspe e Dr. Antonio Neto, Assessor Técnico. Foi passada a situação e a necessidade da renovação do convênio, e todos deixaram a reunião de forma otimista.

A boa notícia veio no início da tarde desta quarta-feira (03), quando Dr. Otacílio recebeu uma mensagem do deputado Ricardo Madalena, informando que o convênio entre Iamspe e Santa Casa de Santa cruz será assinado na próxima terça-feira (09).

“A população de Santa Cruz do rio Pardo contará com a ajuda de mais uma instituição do estado, para a fortalecer a saúde de nossa gente. Agradeço ao Dr. Wilson Pollara pelo atendimento do nosso oficio de credenciamento do Iamspe para a nossa região” disse Ricardo Madalena.

Na próxima terça-feira, os vereadores Lourival Heitor, Cristiano Miranda e Professor Edvaldo irão até São Paulo acompanhados de diretores da Santa Casa para a assinatura do novo convênio.

Prefeito Otacílio se reuniu com secretário estadual de saúde

Novos pedidos

Aproveitando a viagem até a capital paulista, o prefeito Otacílio Parras Assis e o secretário Diego Singolani se reuniram com o secretário estadual de Saúde, Dr. José Henrique Germann Ferreira, e realizaram novos pedidos para o hospital de Santa cruz.

Foram solicitadas ampliações de leitos da UTI Neonatal, e a inclusão da Santa Casa do município no programa “Santas Casas Sustentáveis”.

 

 

Santa Casa realiza ação entre amigos para climatizar Central de Materiais do hospital

VER NOTÍCIA

Mesmo com a chegada do frio a dengue ainda preocupa

VER NOTÍCIA

Pressionar o idoso não é solução para fazê-lo mudar de hábitos

VER NOTÍCIA